Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: São Tomé das Letras vai aumentar multas para evitar aglomerações

Medida é para inibir descumprimento de regras sanitárias; fim de semana com feriado provocou aglomerações


08/06/2021 17:24 - atualizado 08/06/2021 18:10

Nos finais de tarde, um grande grupo se aglomerou, muitos sem máscaras, na pirâmide de pedra para ver o pôr-do-sol(foto: Redes sociais/reprodução)
Nos finais de tarde, um grande grupo se aglomerou, muitos sem máscaras, na pirâmide de pedra para ver o pôr-do-sol (foto: Redes sociais/reprodução)
O gabinete de crise que acompanha a evolução da pandemia de COVID-19 da Prefeitura de São Thomé das Letras, no Sul de Minas, decidiu aumentar o valor das multas aplicadas a quem descumpre as medidas sanitárias contra o avanço do coronavírus. 
 
A decisão foi tomada em reunião realizada na manhã desta terça-feira (8/6), na sede da prefeitura, depois que o feriadão de Corpus Christi atraiu centenas de turistas para a cidade.

Nos finais de tarde, um grande grupo se aglomerou, muitos sem máscaras, na pirâmide de pedra. Um vídeo, postado nas redes sociais com imagens do sábado (5/6) mostrou a aglomeração.

O local é um dos pontos mais altos da cidade e é escolhido pelos turistas para assistir ao pôr-do-sol. É uma das vistas mais belas da região. A pirâmide foi erguida por particulares, com as pedras de São Tomé.

No fim de semana, moradores registraram em vídeos e fotos as aglomerações. Segundo a prefeitura, a medida é para tentar conter a entrada de pessoas na cidades em fins de semana e feriados prolongados. O município costuma receber turistas de Minas e do interior de São Paulo, nessas ocasiões.
 
A decisão foi encaminhada à Câmara Municipal, que deverá aprovar ou não. São Tomé das Letras fica a 346 quilômetros de Belo Horizonte e população estimada de 7 mil habitantes. 
 
De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, publicado nesta terça-feira (8), o município tem 210 casos confirmados e um óbito. A segunda morte, um homem de 46 anos, foi confirmada pela prefeitura, mas ainda não havia entrado no sistema estadual.

Já foram vacinados com a primeira dose, 1.375 moradores e 547 receberam a segunda.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade