Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

BH: Escolas poderão iniciar aula 'personalizada' de crianças de 6 a 8 anos

De acordo com a PBH, serão formadas microbolhas de até seis alunos, por três horas, duas vezes por semana


03/06/2021 17:24 - atualizado 03/06/2021 18:01

(foto: Pixabay/ Reprodução)
(foto: Pixabay/ Reprodução)
As secretarias municipais de Saúde e Educação e o Comitê de Enfrentamento à COVID-19 de Belo Horizonte, com orientação do prefeito Alexandre Kalil, determinaram o acompanhamento 'personalizado' de crianças de 6, 7 e 8 anos.

Isso porque os parâmetros ainda não permitem retorno total das atividades presenciais. A informação foi divulgada na tarde desta quinta-feira (3/6).

De acordo com a administração municipal, serão formadas microbolhas de até seis alunos, por três horas, duas vezes por semana.

O acompanhamento será feito pela Secretaria Municipal de Educação e também pelas escolas particulares.

Entretanto, a PBH não anunciou a data que as aulas presenciais serão retomadas.  

"A secretaria municipal de Educação está finalizando o planejamento para a organização do acompanhamento pedagógico e irá divulgá-lo na próxima semana", informou por meio de nota. 

O retorno das aulas presenciais da educação infantil foi autorizado pela Prefeitura de Belo Horizonte no final do mês de abril, após mais de um ano de suspensão devido à pandemia de COVID-19. 

Na ocasião, foram definidas regras sanitárias para o retorno na tentativa de garantir a segurança de professores, alunos e colaboradores. A Secretaria Municipal de Educação informou que a volta às aulas em BH será realizada em etapas, de acordo com os indicadores do vírus na capital mineira.

A capital mineira prossegue com imunização dos profissionais da educação e, ao longo da semana, trabalhadores do ensino médio e superior também serão incluídos na lista. 

Enquanto isso...

retorno às aulas presenciais das escolas estaduais ainda dependerá de decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que analisa a ação do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE).

No entanto, apesar do tema estar suspenso na espera de decisão da Justiça, a Secretaria de Estado da Educação iniciou os preparativos para a retomada das escolas estaduais.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) deverá encerrar na próxima semana, no dia 10, o julgamento do mérito do mandado de segurança que suspendeu o retorno às aulas presenciais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade