Publicidade

Estado de Minas SAÚDE

Dia D de vacinação contra gripe acontece amanhã em Uberaba

Serão vacinados idosos, professores e profissionais de saúde. Número de doses aplicadas na cidade até agora não chega a 30%


28/05/2021 18:29 - atualizado 28/05/2021 18:44

Neste sábado, os idosos poderão se vacinar contra a gripe em Uberaba, das 8h30 às 16h, pelo sistema drive-thru, na Funel(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Neste sábado, os idosos poderão se vacinar contra a gripe em Uberaba, das 8h30 às 16h, pelo sistema drive-thru, na Funel (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
A prefeitura de Uberaba, no Triângulo Mineiro, vai fazer neste sábado (29/5) um Dia D de vacinação contra a gripe. A vacinação ocorrerá no sistema drive-thru, das 8h30 às 16h, na Fundação Municipal de Esporte e Lazer (Funel).
Vão ser vacinadas grávidas e mulheres que deram à luz em até 45 dias, trabalhadores da saúde, professores e idosos a partir de 60 anos.
 
O número total nesses grupos é de 125.935 pessoas, mas a cobertura vacinal até o momento está em 29,3% (36.898 doses aplicadas).
 
Segundo último balanço da prefeitura, foram vacinados 10.175 crianças, 1.313 gestantes, 6.066 trabalhadores da Saúde, 245 puérperas, 17.339 idosos e 1.759 professores.
 
As crianças de 6 meses a 5 anos não estão incluídas no Dia D, mas seguem sendo vacinadas contra a gripe nas unidades de saúde ao longo da semana.
 
"A vacina da influenza é uma das medidas de prevenção mais importantes para proteger contra a doença, além de contribuir na redução da circulação viral na população, bem como suas complicações e óbitos, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco", afirma a secretária adjunta de Saúde, Valdilene Rocha Costa Alves.
 
Quem já foi vacinado com a dose contra a COVID-19 deve apresentar, obrigatoriamente, o Cartão de Vacina. Quem tiver perdido o cartão pode procurar a Central de Vacinas para emitir uma segunda via do documento.
 
O Ministério da Saúde orienta que o intervalo entre a dose da gripe seja tomada após 14 dias de imunizado contra o novo coronavírus.
 
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os casos de influenza podem variar de quadros leves a graves e podem levar ao óbito.
 
A doença é uma infecção respiratória aguda, causada por diferentes vírus, dentre eles o A e B. O vírus A está associado a epidemias e pandemias, tem comportamento sazonal e apresenta aumento no número de casos entre as estações climáticas mais frias.
 
Dependendo da virulência dos vírus circulantes, o número de hospitalizações e mortes aumenta substancialmente, não apenas por infecção primária, mas também pelas infecções secundárias por bactérias.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade