Publicidade

Estado de Minas SEMANA CONGELANTE

Chuvas, geadas e baixa umidade atingem Minas nesta quarta-feira (26/5)

Na Região Sul, o frio liderou mais uma vez e os termômetros registraram temperaturas próximas de zero


26/05/2021 09:26 - atualizado 26/05/2021 09:47

Belo Horizonte amanheceu com céu claro, mas o clima frio continua na capital (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press )
Belo Horizonte amanheceu com céu claro, mas o clima frio continua na capital (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press )
Nesta quarta -feira (26/5) Minas terá céu parcialmente nublado e chance de chuvas em quase todas as regiões. Já na Região Sul, o frio continua e o período da manhã foi marcado por geada em Monte Verde. Entretanto, no Norte de Minas, as altas temperaturas deixam a umidade do ar em estado de alerta.
 
Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), na capital o céu fica parcialmente nublado, com chance de chuvas à tarde e à noite. A menor temperatura foi registrada na estação meteorológica Cercadinho, com 16,5°C. A máxima prevista não passa dos 28 °C, mantendo a umidade do ar em 40% no período da tarde. A previsão é de que esta temperatura máxima se mantenha estável até a sexta-feira (28/5).
 
Os meterologistas apontam que há chance de chuvas também nas Regiões Central, Zona da Mata e Vale do Rio Doce, em que o céu fica nublado até ao final do dia. Nas demais áreas o sol aparece entre nuvens.
 
Em Monte Verde, no Sul de Minas, a população teve um amanhecer com muito frio e geadas novamente (foto: Mari Felippini/Divulgação )
Em Monte Verde, no Sul de Minas, a população teve um amanhecer com muito frio e geadas novamente (foto: Mari Felippini/Divulgação )
Monte Verde, na Região Sul de Minas, teve mais uma madrugada gelada, com temperatura com 1,4 °C. Moradores do distrito de Camanducaia, fizeram registros de como foi o início da manhã desta quarta (26/5). 
 
Já na Região Norte, mais precisamente no município de Montalvânia, o calor está intenso e pode chegar aos 36 °C. Este alto índice de temperatura faz com que a umidade do ar fique em 25%, estado crítico, que pode dificultar a respiração.

Esta baixa umidade ocorre também no Triângulo Mineiro, que já vinha registrando níveis baixos no decorrer da semana.
 

*Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade