Publicidade

Estado de Minas ABUSO

Treinador é procurado pela polícia, suspeito de estuprar garoto de 14 anos

Adolescente veio do Pará para tentar a carreira de jogador de futebol em Minas


14/05/2021 08:43 - atualizado 14/05/2021 10:30

Menino de 14 anos contou aos conselheiros tutelares que técnico de futebol o ameaçava e tentava comprá-lo com dinheiro após os abusos(foto: Pixabay)
Menino de 14 anos contou aos conselheiros tutelares que técnico de futebol o ameaçava e tentava comprá-lo com dinheiro após os abusos (foto: Pixabay)
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) abriu inquérito para apurar o estupro de um garoto de 14 anos pelo treinador de um clube de Ibirité, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A ocorrência foi registrada nessa quinta-feira (13/5) pelo Conselho Tutelar da cidade, que tomou conhecimento do fato por meio de denúncias anônimas. O suspeito fugiu e é procurado pelas autoridades.

Segundo informações do boletim da Polícia Militar (PM), a vítima veio do Pará para Minas atrás do sonho de se tornar jogador de futebol. Ele relatou aos conselheiros tutelares que sofreu abusos do técnico, de 38 anos, duas vezes. Uma delas, após a realização de um treino em campo. O homem teria convidado o adolescente para malhar na academia do clube e, no local, tocou as partes íntimas dele, além de forçá-lo a praticar sexo oral.

O menino disse ainda que, após o ato, chorava e recebia ameaças. Para manter o silêncio, o treinador também tentava comprá-lo com dinheiro. Ao tomarem conhecimento das denúncias, outros jovens relataram tabém terem sofrido assédio do professor.

De acordo com a PM, o administrador do clube se mostrou surpreso com os relatos e se dispôs a colaborar com as investigações. Ele disse que o suspeito trabalhava há dois anos no local como autônomo e, aparentemente, mantinha conduta exemplar. A pedido dos policiais, ele ligou para o técnico, que negou as acusações, mas fugiu ao ser informado de que seria conduzido à delegacia. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade