Publicidade

Estado de Minas ABUSO

Adolescente de 15 anos é detido sob suspeita de estuprar a prima de 3 anos

Segundo a PM de Uberaba, suspeito se limitou a dizer que deu um beijo de língua na criança; há suspeitas de que ele também tenha tocado nas partes íntimas dela


30/04/2021 11:05 - atualizado 30/04/2021 12:13


A PM apreendeu o adolescente, acompanhado de sua mãe; ambos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão de Uberaba. (foto: PMMG/Divulgação)
A PM apreendeu o adolescente, acompanhado de sua mãe; ambos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão de Uberaba. (foto: PMMG/Divulgação)
Um adolescente de 15 anos foi detido sob suspeita de estuprar a prima de apenas três anos em Uberaba, no Triângulo Mineiro. O crime teria acontecido em uma residência do Bairro Estrela da Vitória, nesta quinta-feira (29/4), quando o adolescente, após pedido da mãe da criança para cuidar dela, ficou sozinho com a garotinha.
 
De acordo com relato da mãe da vítima à Polícia Militar, ela estranhou comportamento da filha depois que ela colocou um chiclete na boca da irmã e falou que iria dar um beijo nela.

Ao questionar a criança quem teria lhe ensinado isto, ainda de acordo com o boletim policial, a menina respondeu que foi o adolescente e que ele a beijava na boca colocando a língua.
 
Em seguida, a mãe da vítima perguntou para a menina se o suspeito teria tocado em suas partes íntimas, sendo que a criança contou que ele havia tocado sua vagina e que, naquele momento, não estava mais doendo.

Ao levantar o vestido da garota, a mãe viu que a calcinha da filha estava colocada invertida, com a frente para trás.
 
Diante disso, a PM apreendeu o adolescente, acompanhado de sua mãe. Ambos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão de Uberaba.
 
Ainda de acordo com o boletim policial, com a autorização da mãe, o suspeito se limitou a dizer que deu um beijo de língua na criança e depois permaneceu em silêncio. Ainda segundo relato da mãe do menor, ele já teria feito isso com outras primas de nove e dez anos em datas passadas.
 
A vítima foi encaminhada ao Hospital da Criança para atendimento médico e, em seguida, foi levada para atendimento multidiciplinar no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade