Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Van com sedativos para intubados capota, mas carga fica intacta

As 840 ampolas de Cetamina já foram encaminhadas para o Hospital Regional de Uberaba; o acidente aconteceu após ultrapassagem irregular de caminhão


15/04/2021 11:07 - atualizado 15/04/2021 12:44

Após batida frontal com caminhão, a van capotou e parou fora da pista(foto: Mauricio Ferreira)
Após batida frontal com caminhão, a van capotou e parou fora da pista (foto: Mauricio Ferreira)

Um veículo que transportava sedativos para intubados com a COVID-19, de Belo Horizonte para o Hospital Regional Uberaba, se envolveu em batida frontal com caminhão na BR-262, no final da tarde desta quarta-feira (14/4). Por sorte, a carga de medicamentos não sofreu nenhuma avaria.

A batida aconteceu perto do trevo de Sacramento, a cerca de 60 km de Uberaba, sendo que o motorista da van sofreu fratura em uma das mãos. Ele foi encaminhado para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM), onde permanece em observação.

Por outro lado, felizmente, ainda segundo o superintendente da SRS Triângulo Sul, Mauricio Ferreira, a carga de 840 ampolas de Cetamina ficou intactada e já foi encaminhada para o Hospital Regional José Alencar.

Anteriormente, a carga havia sido recolhida e levada até posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), situado na BR-050.

“O nosso motorista está bem, graças a Deus, e a carga não sofreu danos”, contou, aliviado, Mauricio Ferreira, que diz não ter detalhes de como foi a dinâmica do acidente.

O Hospital Regional José Alencar, referência em atendimento a pacientes com a COVID-19 de Uberaba e sua microrregião, está atualmente com um baixo estoque de medicamentos voltados para pacientes que estão intubados em seus leitos de UTI/COVID.

Passagem irregular de caminhão 

Segundo a PRF, o acidente aconteceu após ultrapassagem irregular de caminhão(foto: Mauricio Ferreira)
Segundo a PRF, o acidente aconteceu após ultrapassagem irregular de caminhão (foto: Mauricio Ferreira)

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu depois que o motorista de um caminhão realizava ultrapassagem em uma faixa contínua, ou seja, de forma irregular, quando se deparou com a van que vinha em sentido contrário, ocorrendo, então, a colisão frontal. Em seguida, a van capotou e parou fora da pista.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade