Publicidade

Estado de Minas FISCALIZAÇÃO

Blogueiros postam foto e revelam fim de semana movimentado na Serra do Cipó

Patrocinadora de atletas que curtiram pousada retirou apoio à equipe; 10 locais foram fiscalizados


12/04/2021 19:53 - atualizado 12/04/2021 20:27

Cachoeira Serra Morena, um dos pontos visitados por turistas neste fim de semana, na Serra do Cipó(foto: Acervo Ecoguias/Divulgação)
Cachoeira Serra Morena, um dos pontos visitados por turistas neste fim de semana, na Serra do Cipó (foto: Acervo Ecoguias/Divulgação)
O fim de semana foi movimentado na Serra do Cipó, em Minas Gerais. Após a reportagem do EM mostrar uma pousada que foi interditada nesse domingo (11/04), por receber blogueiros fitness em meio ao momento mais crítico da pandemia em Minas, moradores da região continuaram a fazer denúncias de outros locais que estão recebendo turistas. 
 
Segundo a fiscalização da Prefeitura de Santana do Riacho, o episódio da Pousada Meraki não foi o único, outros locais também passaram por inspeção após serem denunciados. O desrespeito às regras de distanciamento e uso de máscara foram presenciados por moradores, que flagraram os atletas durante exercícios: “O pior é que os hóspedes passaram o tempo todo sem máscaras, suando, no centro da cidade e ainda debochando dos moradores que pediam para utilizarem máscara”, diz uma moradora de Santana do Riacho. 
 
Com a repercussão do caso, a equipe de atletas blogueiros da Boníssima Club perdeu um patrocínio que tinha desde agosto do ano passado. A Patrimar Engenharia decidiu na manhã desta segunda-feira, encerrar o apoio ao grupo após o desrespeito às normas de biossegurança de Santana do Riacho. 
 
Veja a nota: 
 
“Como apoiadores do Projeto Boníssima Club desde agosto de 2020, informamos que não temos gestão sobre a grade de atividades do grupo. Por não compactuarmos com os recentes acontecimentos, decidimos esta manhã sobre o cancelando do nosso apoio à iniciativa. Reforçamos o compromisso da Patrimar Engenharia com a saúde e bem-estar da população!”

Outros episódios

Pousadas e casas de temporada da Região da Serra do Cipó foram alvos dos blogueiros neste fim de semana. Um dos estabelecimentos recebeu uma amiga dos donos, que fez uma série de postagens nas redes sociais com, pelo menos, outras seis pessoas no local. Por ser ‘visita’ e não hóspede, a fiscalização alegou que não seria possível aplicar uma advertência na pousada. Porém, o caso repercutiu nas redes. 
 
Outro post que gerou revolta nos moradores da Serra do Cipó foi de um blogueiro mineiro, com mais de seis milhões de seguidores no Instagram. Ele teria alugado uma casa de temporada no fim de semana e foi embora na manhã desta segunda-feira (12/04).
 
De acordo com a fiscalização da Prefeitura de Santana do Riacho, foram 10 ações para combater o descumprimento das regras de distanciamento social, sendo que a ordem da supervisão é: estabelecimento notificado; multado pela priemira vez; recebe a segunda multa; leva uma advertência e por fim, é interditado. Veja: 
  • Santana do Riacho: 2 advertências 
  • Mangabeiras: 1 advertência e 1 multa.
  • Lapinha da Serra: 1 multa
  • Serra do Cipó: 1 advertência, 3 multas e 1 suspensão por 30 dias
As multas são de R$978,00 e, segundo uma moradora de Santana do Riacho, a comunidade não vê concordância no valor, já que uma ou duas diárias das pousadas na região podem chegar à quantia e não impedem que a infração seja cometida novamente. 
 
decreto assinado pelo prefeito Fernando da Farmácia (DEM) na semana passada, autoriza o funcionamento de serviços de hospedagem a partir desta segunda-feira (12/04), com 50% de lotação máxima e apenas de segunda a sexta-feira. As infrações, porém ocorreram antes mesmo da decisão entrar em vigor. 
 
 
A medida vai contra as normas definidas na onda roxa do programa Minas Consciente, do governo do estado. A Região Central, onde está Santana do Riacho, ainda está inserida na fase mais restritiva do plano.
 
No boletim epidemiológico da Prefeitura de Santana do Riacho desta segunda (12/04), constam 192 casos confirmados, sendo que 82 deles são da Serra do Cipó, local que mais recebeu visitas no fim de semana. Cinco pessoas morreram na região e 41 pessoas estão em acompanhamento, quatro casos a mais que este domingo (11/04). 
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor Eduardo Oliveira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade