Publicidade

Estado de Minas RESGATE

Ouro Preto: Guarda Civil recupera academia da cidade em casa de morador

Os equipamentos públicos de ginástica estavam armazenados de forma ilegal e seriam usados sem autorização da prefeitura


31/03/2021 18:23 - atualizado 31/03/2021 22:59

Foram recuperados um simulador de cavalgada, um aparelho de pressão de pernas, um aparelho de rotação, um simulador de caminhada e dois simuladores de remada(foto: Divulgação/Guarda Municipal de Ouro Preto)
Foram recuperados um simulador de cavalgada, um aparelho de pressão de pernas, um aparelho de rotação, um simulador de caminhada e dois simuladores de remada (foto: Divulgação/Guarda Municipal de Ouro Preto)
Após tomar conhecimento de que equipamentos públicos de ginástica desaparecidos poderiam estar armazenados de forma ilegal na residência de um morador do distrito de Santo Antônio do Leite, em Ouro Preto, Região Central de Minas, a Guarda Municipal de Ouro Preto conseguiu restituir parte do material, doado pelo governo estadual ao município na gestão municipal passada. A operação ocorreu na tarde desta quarta-feira (31/03) e teve apoio da Polícia Militar.
 
Na casa de Weverton de Paula Pimentel foram encontrados um simulador de cavalgada, um aparelho de pressão de pernas, um aparelho de rotação, um simulador de caminhada e dois simuladores de remada. 
 
De acordo com um morador que não quer se identificar, Weverton, em um aplicativo de mensagens, afirmou que estava em poder dos equipamentos públicos de ginástica e que iria instalá-los em uma pracinha no distrito de Chapada. 
 
“Ao se autopromover nas redes sociais, o cidadão se denunciou e a Guarda Municipal foi acionada para fazer o recolhimento do equipamento na residência do cidadão, que estava com o material em casa”.
 
Segundo a prefeitura, o morador não estava autorizado a ter posse e uso dos equipamentos e nem autorização para instalação, que ela será feita no devido lugar. A academia recuperada faz parte de uma doação feita pelo governo estadual, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, em junho de 2019.

Na doação constam 28 equipamentos de ginástica mais quatro placas de orientação e advertência no valor de R$ 47.206,00.
 
De acordo com comandante da Guarda Municipal de Ouro Preto, Jonathan Marotta, não houve nenhuma situação que resultasse na prisão em flagrante, embora os aparelhos pertencessem ao município. 
 
“O boletim de ocorrência será encaminhado à Procuradoria de Ouro Preto para eventual responsabilização do agente ou servidor público que autorizou que os equipamentos públicos fossem guardados em casa de particular”.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade