Publicidade

Estado de Minas Sequestro

PM resgata mulher de cativeiro em Matozinhos

Sequestro aconteceu porque chefe do tráfico queria que outro traficante mudasse seu depoimento na polícia


25/03/2021 18:05 - atualizado 25/03/2021 18:59

Briga entre traficantes foi a causa de sequestro em Matozinhos(foto: Beto Magalhaes/EM/D.A Press)
Briga entre traficantes foi a causa de sequestro em Matozinhos (foto: Beto Magalhaes/EM/D.A Press)

O sequestro da mulher de um pequeno traficante, de Matozinhos, que tem como autor o chamado “peixe grande”, o chefe do tráfico na cidade, foi esclarecido na tarde desta quinta-feira (25/3) pela Polícia Militar, que estourou o cativeiro. O chefe do tráfico conseguiu fugir.

Segundo relado do sargento Magela, da PM, o marido da mulher tinha sido preso no momento em que  traficava drogas no Centro de Matozinhos. Levado para a delegacia, ele prestou depoimento e disse que apenas trabalhava para o chefe do tráfico local, GCM. Ele acabou sendo liberado em seguida.

 

A partir desse dia, o homem passou a ser ameaçado pelo chefe do tráfico, que, decidiu, então, diante da negativa de seu “empregado” em mudar seu depoimento, sequestrar a mulher dele.

 

Na manhã desta quinta, ele raptou a mulher e a levou para uma casa, na Rua Taquaraçu, na Quintas da Varginha, em Sete Lagoas. Tão logo soube do sequestro e foi avisado de que GCM mataria a mulher caso ele não mudasse o depoimento, o homem procurou a polícia e contou sobre o sequestro.

 

Imediatamente os policiais iniciaram uma investigação e mediante informações de outras pessoas e do marido da mulher, conseguiram chegar à casa. GCM percebeu a chegada da Polícia Militar e fugiu pelos fundos da casa. No interior dela, os policiais encontraram uma grande quantidade de drogas. O caso está sendo investigado pelos policiais da Delegacia de Matozinhos.



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade