Publicidade

Estado de Minas VACINAÇÃO

Vacinação/COVID: Uberaba já disponibiliza cadastro para todos os moradores

Cidade não foi incluída na Onda Roxa, mas convive com uma preocupante taxa de ocupação de seus leitos particulares de UTI/COVID


04/03/2021 10:06 - atualizado 04/03/2021 11:22

O cadastro on-line para vacinação contra a COVID-19 em Uberaba foi desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub)(foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
O cadastro on-line para vacinação contra a COVID-19 em Uberaba foi desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub) (foto: Prefeitura de Uberaba/Divulgação)
A Secretaria de Saúde de Uberaba, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub), já disponibiliza para toda a população do município um pré-cadastro on-line para vacinação contra a COVID-19. Inicialmente, o objetivo do cadastramento através deste link é para propiciar à prefeitura da cidade um melhor levantamento para identificação dos grupos prioritários a serem atendidos neste momento, conforme forem chegando as novas doses da vacina.


Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, o cadastro não irá caracterizar um agendamento e nem mesmo uma reserva de doses e, além disso, apenas após ler e concordar com o termo de uso é que o usuário poderá seguir com o preenchimento das informações e efetivar o seu cadastro.

“Mas é importante que toda a população faça seu registro. Inclusive quem tem mais dificuldade com a internet pode pedir que uma pessoa de confiança que auxilie nesse processo”, diz nota da assessoria de imprensa da Prefeitura de Uberaba.

O secretário da Saúde de Uberaba, Sétimo Bóscolo, destaca que o cadastro irá propiciar um melhor levantamento das faixas etárias e categorias, dando à pasta informações importantes sobre o quantitativo de doses necessárias para a vacinação, bem como para ampliar ou mesmo dinamizar políticas públicas.

“O cadastro será uma ferramenta importante em termos de quantitativo e também para podermos observar, por exemplo, o número de cidadãos com comorbidades, quais são elas e como poderemos ampliar o atendimento. Ou mesmo acioná-los para informar quais atendimentos eles podem buscar na rede de saúde municipal. Hoje temos uma estimativa de pessoas por faixa etária. Mas com o cadastro, teremos um suporte a mais de informações”, explicou.

Para fazer o cadastro, o cidadão uberabense deverá informar obrigatoriamente um número de celular e um e-mail para que, assim, seja possível a prefeitura entrar em contato e informar sobre a chegada das novas doses. Caso a pessoa não tenha e-mail ou celular, ela poderá informar os dados de uma pessoa de confiança.

O objetivo do cadastro on-line é também dar mais agilidade ao atendimento nos postos de vacinação e evitar grandes aglomerações, uma vez que as vacinas começarão a atender um público cada vez maior por faixa etária.

Para a secretária adjunta Fabiana Prado, o cadastro também irá gerar mais transparência. “Ele estará ligado a uma ação da Controladoria-Geral do município que, respeitando a Lei de Proteção de Dados Pessoais - LPDP, irá divulgar de forma sistemática informações sobre a vacinação, como função e o local de trabalho das pessoas vacinadas”, declarou.

Situada da região do Triângulo Sul, Uberaba não foi incluída na onda roxa, mas convive com uma preocupante taxa de ocupação de leitos particulares de UTI/COVID, que já chegou a 100% no último final de semana e, neste momento, está em 91%. E também com um decreto municipal, que proíbe aberturas de bares, restaurantes, shoppings, comércio de rua, salões de beleza, entre outros estabelecimentos, aos fins de semana, e eventos de qualquer natureza durante todos os dias da semana (o novo decreto irá multar, além do proprietário do estabelecimento e dos organizadores, os participantes que estiverem no local de qualquer tipo de evento).

No último mês, em Uberaba, foram registrados os maiores números de mortes e casos positivos da COVID-19, desde o início da pandemia. Foram quase 3 mil novos casos e 78 óbitos. A cidade totaliza 15.674 casos positivos, sendo que destes 363 pessoas perderam a vida e 14.017 se recuperaram.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade