Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Homem quase é linchado depois de agredir e estuprar idosa

Crime ocorreu no Bairro São Paulo, em Governador Valadares. O homem invadiu a casa da idosa e a estuprou. Na fuga, foi agredido por vizinhos e entregue à PM


01/03/2021 11:02 - atualizado 01/03/2021 12:37

O homem acusado de estupro e lesão corporal foi preso pela Polícia Militar e levado à Delegacia da Polícia Civil(foto: Reprodução da Internet)
O homem acusado de estupro e lesão corporal foi preso pela Polícia Militar e levado à Delegacia da Polícia Civil (foto: Reprodução da Internet)
Por pouco um homem de 45 anos não foi linchado por um grupo de moradores do Bairro São Paulo, na tarde de sábado (27/02), em Governador Valadares. Esse homem, que foi contido por moradores, estava em fuga, depois de invadir a casa de uma idosa, de 60 anos. Ele agrediu a mulher e a estuprou.

A irmã da idosa contou aos policiais militares que registraram a ocorrência, que ela foi avisada por sua sobrinha, que um homem, andarilho, que vive em situação de rua em Governador Valadares, entrou na casa de sua irmã, e de forma violenta e manteve relações sexuais com ela.

Contou que foi imediatamente à casa da irmã e viu o homem saindo, apressado. Gritou por socorro, mas de nada adiantou. O homem conseguiu fugir. Ao entrar na casa de sua irmã, viu que ela sangrava nas pernas, e reclamava das fortes dores que sentia pelo corpo.

No domingo (28/02), o homem voltou à casa da idosa, que mora sozinha, na tentativa de estuprá-la novamente. Ele ficou dentro da casa por alguns minutos, fazendo ameaças. Mas vizinhos, que já sabiam do ataque sofrido pela mulher no sábado, ouviram os gritos e reagiram, imobilizando o homem e o agredindo, até a chegada da Polícia Militar.

Os policiais constataram que homem estava com várias escoriações pelo corpo, provocadas pelas pessoas que o seguraram. O homem foi preso pelos policiais e levado à Delegacia de Polícia Civil.

A idosa foi socorrida pela ambulância do SAMU e levada ao Pronto Socorro do Hospital Municipal, onde a equipe médica constatou o estupro. Ela tinha várias lesões genitais, com edemas e vermelhidão, segundo o médico legista que a atendeu no HM. E tinha também uma lesão na cabeça. Ela permaneceu internada e seu estado de saúde é estável.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade