Publicidade

Estado de Minas VACINÔMETRO

COVID-19: BH rompe marca de 50 mil pessoas vacinadas com segunda dose

De acordo com balanço da prefeitura, 51.766 cidadãos estão totalmente imunizados à doença


22/02/2021 18:45 - atualizado 22/02/2021 19:12

Maioria dos vacinados contra a COVID-19 em BH receberam doses da CoronaVac(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Maioria dos vacinados contra a COVID-19 em BH receberam doses da CoronaVac (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Belo Horizonte ultrapassou, nesta segunda (22/2), a marca de 50 mil pessoas vacinadas contra a COVID-19 pela segunda vez. No total, 51.766 cidadãos completaram o esquema vacinal e estão totalmente imunes à virose.

 

Na mesma toada, 106.678 pessoas receberam a primeira dose das vacinas. Os dados fazem parte do boletim epidemiológico e assistencial da prefeitura.

 

Em relação ao balanço anterior, mais 1.174 pessoas receberam a primeira dose na cidade. Outras 3.626 tomaram a segunda.

 

São 224 pontos diferentes de aplicação da CoronaVac (Instituto Butantan/Sinovac Biotech) e da AstraZeneca (Fiocruz/Oxford) na cidade, entre hospitais, UPAs, Samu e centros de saúde.

 

Ainda conforme o levantamento da PBH, a cidade recebeu 242.220 doses das vacinas: 201.720 do Butantan e 40,5 mil da Fiocruz. Dessas, a prefeitura distribuiu 202.898.

 

Além dos profissionais de saúde, o Executivo municipal vacinou e ainda imuniza os idosos acima de 86 anos. Moradores de asilos públicos e de residências terapêuticas também receberam doses.

 

Demora 

 

A preocupação fica por conta da vagareza da imunização. Desde o último dia 11, a PBH não recebe qualquer ampola.

 

Na edição desse domingo (21/2), o Estado de Minas mostrou que o atraso na imunização coloca em risco a eficácia das vacinas em meio à possibilidade de mutação do vírus.

 

"O vírus sobrevive fazendo cópias dele mesmo. Quando isso ocorre, ele pode 'errar' e fazer mutações, que é natural desse tipo de vírus. O problema é o vírus fazer mudanças que dê a ele vantagens sobre nós", disse a epidemiologista Ethel Maciel, professora da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade