Publicidade

Estado de Minas ROUBO

Ladrões de gado são presos com a ajuda de um atoleiro

Fazenda Xavier, na zona rural de Minduri, no Sul de Minas, era o alvo dos ladrões


15/02/2021 15:36 - atualizado 15/02/2021 16:15

Os invasores tinham em seu poder um serrote, um martelo e quatro celulares(foto: Divulgação/PMMG)
Os invasores tinham em seu poder um serrote, um martelo e quatro celulares (foto: Divulgação/PMMG)
 
Um atoleiro acabou sendo o grande aliado da Polícia Militar, na prisão, em flagrante, de quatro ladrões de gado. O fato ocorreu na zona rural de Minduri, no Sul de Minas, mas o pedido de socorro foi feito para a PM de Cruzília.

Segundo o tenente Adão, o gestor da Fazenda Xavier, em Minduri, ligou denunciando que, naquele momento, a fazenda tinha sido invadida por ladrões de gado. Eram 5h30.
 
 
Imediatamente, o militar acionou os policiais militares de Minduri e, ao mesmo tempo, enviou para o local uma patrulha de Cruzília. Quando os policiais chegaram à fazenda, duas das porteiras de acesso tinham sido arrombadas.

Um pouco à frente, depois da portaria secundária, os militares encontraram o caminhão atolado. Os ladrões, ao avistarem as viaturas da PM, iniciaram uma fuga pela mata, mas foram perseguidos e presos.

Segundo um dos presos, o roubo tinha sido planejado por um homem chamado Ademir. No caminhão, no momento da abordagem, havia cinco sacos de sal, que tinham sido roubados na Fazenda Xavier e seriam usados para alimentar o gado. 

Os invasores tinham em seu poder um serrote, um martelo e quatro celulares. Os quatro foram levados para a Delegacia de Minduri. Participaram da operação, além do tenente Adão, os sargentos Passos, Simões, André e Pacheco, e os cabos Santos, Rodrigo e Ferreira.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade