Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: PBH diz que população acamada será vacinada em dois meses

O público-alvo da campanha é de 1,1 milhão de pessoas, de acordo com a administração municipal


05/02/2021 14:55 - atualizado 05/02/2021 18:28

Subsecretário de Promoção e Vigilância à Saúde, Fabiano Pimenta, em coletiva de imprensa nesta sexta (05/02) (foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)
Subsecretário de Promoção e Vigilância à Saúde, Fabiano Pimenta, em coletiva de imprensa nesta sexta (05/02) (foto: Alexandre Guzanshe/EM/DA Press)
A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) anunciou em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (05/02) que a população idosa acamada deve ser vacinada em dois meses. "A gente consegue fazer em dois meses com tranquilidade", disse o subsecretário de Promoção e Vigilância à Saúde, Fabiano Pimenta.

 

Depois de consolidar a vacinação dos profissionais de saúde em janeiro, Belo Horizonte prepara nova fase da imunização contra a COVID-19. Os idosos com 89 anos ou mais residentes na cidade e que não estão institucionalizados serão os próximos a receber a vacina contra o coronavírus na capital. A previsão é vacinar cerca de 10 mil idosos.

Ele afirma que a estrutura de vacinação em BH é robusta. "BH tem participação importante de cobertura para influenza. Além de proteger a população pela influenza, esses dados são muito úteis. Temos levantados o número de trabalhadores da saúde, população de 60 anos ou mais, temos dados de categorias específicas. O sistema de saúde BH está preparado", disse. Foram vacinados 30.496 entre 23 de março de 2020 até 15 de maio do mesmo ano.

Ele ainda ressaltou que a PBH contratou 490 enfermeiros para reforçar no apoio à vacinação contra a COVID-19.

"Sabemos que a ansiedade é grande, é natural, mas a estrutura está toda montada", acrescentou. Porém, as estratégias de vacinação vão depender da quantidade de imunizante que BH receber. O público alvo da campanha é de 1,1 milhão de pessoas.

"Todos os dias a gente tem recebido mensagens de diversas categorias profissionais. Essa apresentação mostra que a PBH coloca prioritariamente categorias que tem risco maior de se infectarem. Todos os profissionais de saúde tem risco, mas alguns tem risco maior do que outros. Mas todos serão vacinados. Claro que a gente entende a ansiedade dessas pessoas em serem vacinadas, mas estamos recebendo em pequenas quantidades", informou Jackson.  

 

Novo grupo

A Prefeitura de Belo Horizonte vai ampliar a partir de segunda-feira (8) a vacinação contra Covid-19 do grupo de profissionais da área da saúde.

 

Receberão a vacina os trabalhadores que atuam em laboratórios, clínicas oncológicas e hematológicas, serviços de hemodiálise, clínicas de imagem, serviços da atenção secundária, atenção domiciliar e de especialidades do SUS-BH, equipamentos da saúde mental e hospital dia.

A expectativa é vacinar cerca de 8 mil pessoas neste grupo.

Idosos com mais de 89 anos 

O grupo de idosos com 89 anos está incluído na segunda fase, contemplada com 57,3 mil doses repassadas à capital. Não há data para o início da imunização, mas ela ocorrer em até duas semanas. Os idosos que vivem em asilos já estão sendo imunizados desde segunda-feira.


A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) não apontou se os imunizantes usados para vacinas dos idosos serão a vacina chinesa CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, ou a Covishield, da AstraZeneca/Oxford, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Segundo o município, a inscrição para receber as doses será aberta na segunda-feira e poderá ser feita no próprio site da PBH ou pelo telefone 156 – disponível de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e nos fins de semana e feriados das 7h às 20h (opção 2).

O pedido pode ser feito pelo próprio idoso – com 89 anos completados até 28 de fevereiro deste ano –, um parente ou um responsável. Após o cadastro, servidores farão o contato com os idosos por telefone, para realizar o agendamento da data da aplicação da dose em domicílio ou em um posto de vacinação indicado. 

Veja o plano municipal de Belo Horizonte

Quantitativo de vacinas - 2021:

- 2.200.00 doses para 1.100.000 pessoas ao longo do ano

 

- BH recebeu 135 doses da vacina Sinovac em 19 de janeiro para 67.500 mil pessoas

 

- Nova remessa em 29 de janeiro de 2011

 

- 40.500 doses de vacina da AstraZenica

Biomanguinhos 2ª dose em 3 meses 

 

- Sinovac - 16.880 (2ª dose  14 a 28 dias)



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade