Publicidade

Estado de Minas CORONAVAC

Técnica em enfermagem de Alfenas recebeu a primeira dose do Sul de Minas

Vacina foi aplicada na Santa Casa de Alfenas; outras três pessoas também foram imunizadas na tarde desta terça-feira na cidade


19/01/2021 21:29 - atualizado 19/01/2021 22:03

Técnica em enfermagem foi a primeira do Sul de Minas a receber a vacina(foto: Ascom/divulgação)
Técnica em enfermagem foi a primeira do Sul de Minas a receber a vacina (foto: Ascom/divulgação)
Uma técnica em enfermagem de Alfenas foi a primeira pessoa a ser imunizada no Sul de Minas. Adriana de Souza recebeu a dose da CoronaVac na Santa Casa da cidade. Além dela, outras duas pessoas também foram imunizadas na tarde desta terça-feira (19/1).

 

Adriana Aparecida de Souza, de 46 anos, trabalha na linha de frente em combate à COVID-19 desde o início da pandemia na Santa Casa de Alfenas. Regada de muita emoção, a técnica de enfermagem recebeu a primeira dose da CoronaVac. Após ser imunizada, ela agradeceu em gesto de carinho.

 

“É para nós o começo do fim. Um dia importante para nós. O início da vacinação na nossa cidade”, disse o prefeito Luiz Antônio da Silva.

 

Adriana recebeu um cartão com os dados da vacina(foto: Ascom/divulgação)
Adriana recebeu um cartão com os dados da vacina (foto: Ascom/divulgação)
A técnica em enfermagem recebeu um cartão com os principais dados pessoais, a dose e o lote da vacina. Além disso, segundo o prefeito, a vacina foi registrada no aplicativo do Ministério da Saúde.

 

“Nós temos o controle através desse cartão. O nosso pessoal desenvolveu um cartão inteligente. Do tamanho da carteira de habilitação”, completa.

 

Virgínia, que trabalha fazendo a higienização do hospital, também recebeu a dose
Virgínia, que trabalha fazendo a higienização do hospital, também recebeu a dose
Além da Adriana, o médico João Víctor Neves Lopes, de 27 anos, o fisioterapeuta Juliano Rodrigo Moraes, de 41, e Virgínia de Fátima Moraes, de 49, que trabalha na área de limpeza do hospital, receberam doses da CoronaVac nesta terça-feira (19/1).

 

“São poucas vacinas, são 766 vacinas, que serão aplicadas, obrigatoriamente, pelo protocolo do Ministério da Saúde aos profissionais que estão na linha da frente. Essas pessoas não temeram a vida para salvar as pessoas e correram risco. Doaram seu tempo para defender a vida”, afirma.

 

Alfenas soma 3.242 casos de COVID-19, sendo 73 mortes confirmadas pela doença. A cidade recebeu 6 mil doses da vacina para distribuir para os municípios da região. “Não temos vacinas para todos, mas esperamos ter em breve. Já recebemos a notícia que a China se comprometeu a enviar mais matéria prima ao Instituto Butantan para mais 5,6 milhões de doses”, ressalta.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade