Publicidade

Estado de Minas IMUNIZAÇÃO

COVID-19: Varginha pode começar a vacinar a qualquer momento

Prefeitura aguarda apenas a chegada das doses; primeiro lote vai para os profissionais de saúde e pessoas com 75 anos ou mais e idosos institucionalizados


18/01/2021 15:59 - atualizado 18/01/2021 16:44

Varginha aguarda apenas a chegada do imunizante para iniciar a vacinação(foto: Ascom/divulgação)
Varginha aguarda apenas a chegada do imunizante para iniciar a vacinação (foto: Ascom/divulgação)
A Prefeitura de Varginha, no Sul de Minas, informou que as vacinas contra à COVID-19 podem chegar a qualquer momento na cidade. A administração já divulgou o plano para imunizar a população e só está aguardando a chegada das doses ao município.

 

De acordo com a prefeitura, o veículo e o motorista estão a postos para buscar as vacinas na Superintendência Regional de Saúde. Além disso, todo o aparato necessário para conservação e manipulação do medicamento foi montado seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI).

 

“A sensação é de dever cumprido porque com a vacina, somada ao total empenho da prefeitura desde o início da pandemia, seguindo os protocolos e sempre na expectativa de que o mundo venceria a pandemia, este é sem dúvida um momento histórico para se comemorar; Varginha está pronta para começar a vacinar contra a COVID-19”, afirma o prefeito Vérdi Melo.

 

O secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Coelho, explicou que o primeiro lote das vacinas vai para os profissionais de saúde, pessoas com 75 anos ou mais e idosos institucionalizados.

 

“A chegada da vacina é uma sensação de um bálsamo a mais no momento de um cenário muito ruim; nesses últimos meses, tudo que aguardávamos era a vacina para se somar às medidas de prevenção; uma doença transmissível que passa a ter vacina é um divisor de águas, então é muito importante, muito importante mesmo”, diz.

 

Minas Gerais recebeu 561.120 doses da vacina produzida pelo Instituto Butantan e a empresa Sinovac. O público-alvo da primeira fase da imunização vai envolver 275.088 mineiros. Estão reservadas 16.560 doses para a população indígena.

 

De acordo com a prefeitura, neste primeiro momento, as equipes itinerantes da Secretaria Municipal de Saúde vão em locais como o asilo e hospitais. Mas também haverá vacinação na Policlínica Central, inclusive para profissionais de saúde.

“À medida que for chegando mais vacina para outros grupos prioritários vamos disponibilizar nas unidades dos quadrantes”, completa secretário.

Locais de vacinação

 

Além da Unidade de Vacinação na Policlínica Central, a vacinação vai ocorrer nas unidades dos bairros Sion, Mont Serrat, Imaculada e Cidade Nova. “Das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira para as imunizações do calendário habitual e para coordenar os grupos de vacinação itinerante; e funcionará das 15h às 21h, de segunda à sexta-feira e nos sábados das 7h às 17h, especificamente para a vacinação contra a COVID”.

 

A prefeitura ainda vai ativar outras salas para imunizar a população nas Unidades Básicas de Saúde Girassol, Vargem, Fátima II, Centenário, Novo Tempo, Corcetti, Jardim Áurea, Damasco/Santa Mônica e Rio Verde.

 

“Assim o munícipe poderá procurar pela unidade de vacina de quadrante mais próxima de si, a exemplo da experiência exitosa das unidades de gripe que atendem com horário diferenciado criando maior comodidade para os varginhenses”, completa.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade