Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

COVID-19: principais cidades do leste de Minas registram 10 mortes

Governador Valadares teve sete mortes, sendo 5 em investigação. Ipatinga registrou três mortes


15/01/2021 21:08 - atualizado 15/01/2021 23:27

Policlínica Municipal de Governador Valadares, unidade de saúde que recebe os pacientes com sintomas da COVID-19(foto: Tim Filho)
Policlínica Municipal de Governador Valadares, unidade de saúde que recebe os pacientes com sintomas da COVID-19 (foto: Tim Filho)
A COVID-19 continua tirando vidas no Leste de Minas. Nesta sexta-feira (15/1), os boletins epidemiológicos de Ipatinga e Governador Valadares, juntos, divulgaram 10 mortes. Governador Valadares registrou sete mortes, sendo cinco em investigação. Ipatinga registrou trê mortes.

As mortes em investigação em Governador Valadares chegaram ao número 57. São pessoas que apresentavam todos os sintomas da COVID-19, estavam internadas em estado grave e acabaram morrendo. A confirmação é demorada porque os exames são feitos na Fundação Ezequiel Dias, em Belo Horizonte.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, Governador Valadares registrou 472 mortes por COVID-19. O total de casos confirmados pela doença soma 13.528. Um número expressivo se recuperou da doença: 12.679

A taxa de ocupação dos leitos UTI COVID-19 SUS vem caindo nos primeiros dias de 2021. Essa taxa, que já chegou a 96%, está em 60% de acordo com o último boletim. Nos hospitais particulares, a ocupação continua alta: 94%

Em Ipatinga, além das três mortes ocasionadas pela COVID-19, o boletim expedido pela Secretaria Municipal de Saúde registrou 16.330 casos confirmados da doença desde o início da pandemia, com 14.192 recuperados. As mortes confirmadas atingiram o desconfortável número de 344.

Todas as mortes registradas no boletim de sexta-feira (15/1) em Ipatinga aconteceram em dias anteriores e aguardavam a confirmação da causa por meio de exames. A Secretaria Municipal de Saúde informou que as coletas de testes de COVID-19 de pacientes do SUS são enviadas para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte.

O resultado oficial pode demorar cerca de sete dias ou mais para ser concluído. Neste caso pode acontecer de um paciente morrer e só depois de vários dias ser confirmado que o motivo real se tratava de COVID-19.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade