Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Prefeitura de Diamantina desmente que ocupação de leitos atingiu 100%

Segundo a gestão municipal, fake news divulgada por um médico da cidade causou pânico junto à população


13/01/2021 18:54 - atualizado 13/01/2021 19:39

 

Santa Casa de Diamantina atende pacientes com coronavírus(foto: redes sociais/divulgação)
Santa Casa de Diamantina atende pacientes com coronavírus (foto: redes sociais/divulgação)
 

A divulgação de notícias falsas continua sendo um problema enfrentado pelas autoridades da saúde diante da pandemia da COVID-19. Nesta quarta-feira (13/01), em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, a população local foi alarmada com a informação divulgada nas redes sociais de que os leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (CTI) para a COVID-19 haviam atingido a ocupação de 100%.

 

No entanto, na tarde desta quarta-feira, a Prefeitura de Diamantina divulgou comunicado, tranquilizando a comunidade, de que é falsa a informação lançada nas redes sociais por um médico da cidade histórica.

 

 

"A mesma mensagem diz que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Diamantina está atendendo, em média, 90 pessoas com sintomas do coronavírus, diariamente. “Quem puder, fique em casa. Quem puder, use máscaras. Lave as mãos, higienize as compras e acreditem (sic) na ciência. Força para todos nós”, diz o autor da postagem.

 

 “Não procede a afirmação de que estão ocupados 100% os leitos de CTI/Covid e de leitos clínicos direcionados ao tratamentos de pacientes acometidos pela COVID-19 (no município)", diz o comunicado da Prefeitura de Diamantina.

 

A nota também lembra que a informação falsa “vem causando pânico na população diamantinense”. De acordo com a prefeitura, a “informação correta e oficial” é que, nesta quarta-feira, “dos 20 leitos de terapia intensiva habilitados e disponíveis, (nove) estão ocupados, ou seja, menos de 50% (cinquenta por cento) da capacidade total”.

 

“Quanto ao leitos clínicos, nossa rede assistencial possui capacidade de expansão imediata de 20 leitos tão logo os atuais 20 (leitos) disponíveis estejam ocupados, o que ainda não aconteceu”, completa a nota.

 

“A notícia falsa que causou pânico em nossa população nos mostra o quanto é necessário que se tenha responsabilidade na veiculação das informações e respeito com o próximo, ainda mais nesse momento delicado e difícil”, observa a Prefeitura de Diamantina.

 

Lembra que tanto a prefeitura de Diamantina como a Santa Casa de Caridade emitem diariamente, boletins informativos oficiais.

 

“ Busque fontes confiáveis para se informar e não repasse notícias cuja fonte não é verificada. Nos ajude a combater as fake News. Use máscara. Tome os cuidados de higiene e, se puder, fique em casa. A responsabilidade no enfrentamento dessa pandemia é de todos e de cada um de nós”, diz o texto.

 

Conforme o ultimo boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde de Diamantina, divulgado no início da noite desta quarta-feira, o município (47,6 mil habitantes) conta com 488 casos confirmados da COVID-19 e sete óbitos confirmados pela doença.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade