Publicidade

Estado de Minas DOIS ÓBITOS SUSPEITOS

COVID-19: Pouso Alegre registra nova morte e chega a 81 vítimas da pandemia

Outros dois óbitos suspeitos estão em investigação. Os novos casos de infectados pelo novo coronavírus aumentaram 23% em um mês na cidade


09/01/2021 16:17 - atualizado 09/01/2021 17:17

Hospital de Campanha de Pouso Alegre atende pessoas com sintomas e casos moderados (foto: Magson Gomes/Terra do Mandu)
Hospital de Campanha de Pouso Alegre atende pessoas com sintomas e casos moderados (foto: Magson Gomes/Terra do Mandu)

A prefeitura de Pouso Alegre voltou a registrar morte por COVID-19 na cidade. A confirmação saiu no boletim epidemiológico, divulgado neste sábado (09/01), tendo como referência o dia anterior. Agora, o município chega a 81 vítimas fatais da pandemia.

 

A última morte confirmada em Pouso Alegre pelo coronavírus tinha sido há 19 dias, em 21 de dezembro. Ainda de acordo com o boletim da prefeitura, atualmente, dois óbitos suspeitos estão sob investigação desde quinta-feira (07/01).

 

Aumento de casos é de 23% em um mês

 

A secretaria municipal de Saúde de Pouso Alegre emitiu nota nesta sexta-feira recomendando que a população se mantenha alerta no combate à COVID-19, tendo em vista o aumento de casos diagnosticados na cidade nos últimos dias.

 

Entre 08 de dezembro e 08 de janeiro, o número de moradores contaminados pelo novo coronavírus teve um salto de 23%, passando de 3.741 para 4.614. No mês anterior, novembro a dezembro, o aumento nos casos havia sido de 12%.

 

“Diante desse quadro, a Secretaria de Saúde de Pouso Alegre reforça a necessidade de se evitar aglomerações e para a importância de seguir as medidas de proteção individual e coletiva”, diz trecho do texto divulgado pela prefeitura.

 

O pico com maior número de contágios e mortes em Pouso Alegre foi registrado entre o início de agosto e final de setembro. Os casos de infectados foram de 959 a 2.754 (187%) e os óbitos saltaram de 15 para 62 (313%).

 

Os meses de outubro e novembro foram de queda e estabilidade de novos registros, porém, a partir de dezembro, os dados têm preocupados as autoridades.

Restrições 

 

No mês passado, o prefeito de Pouso Alegre, Rafael Simões (DEM), assinou um novo decreto restringindo o horário de gratuidade para idosos no transporte público, tendo como justificativa “o novo aumento de casos de contaminados e mortes em decorrência da pandemia”.

 

Também nas vésperas do Natal, a Vigilância Sanitária local interditou lojas e bares que estavam provocando aglomerações, descumprindo as regras como formação de filas, álcool em gel e distanciamento nas áreas internas.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade