Publicidade

Estado de Minas

COVID-19: Ocupação de leitos de UTI em BH permanece em nível crítico

A taxa de transmissão do novo coronavírus também é motivo de preocupação, de acordo com último boletim divulgado pela prefeitura


21/12/2020 20:02 - atualizado 21/12/2020 20:26

A taxa de ocupação de leitos de UTI está acima de 70%, considerada no nível mais crítico(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
A taxa de ocupação de leitos de UTI está acima de 70%, considerada no nível mais crítico (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
A velocidade de transmissão do novo coronavírus em Belo Horizonte permanece alta e mantém a capital em estágio de alerta na semana do Natal. 
De acordo com boletim epidemiológico desta segunda-feira (21/12), divulgado pela prefeitura, o fator RT está em 1,09, isso significa que cada infectado transmite a doença, em média, para 1,09 novas pessoas. O indicador fica na fase de controle quando está abaixo de 1.

A taxa de ocupação de leitos de UTI e de enfermaria específicos para COVID-19 também é motivo de preocupação. Segundo o informativo, o índice de ocupação nas Unidades de Terapia Intensiva está em 70,1% e nas enfermarias, 66%.

No último boletim, divulgado na sexta-feira (18/12), as taxas eram de 70,4% e 62,4%, respectivamente. A taxa de ocupação nas UTIs permanece na fase vermelha, o nível mais crítico. 

Desde a última sexta-feira, 663 novos casos  foram confirmados e oito pessoas perderam a vida para a doença em BH. No total, são 59.804 casos confirmados e 1.789 óbitos, desde o início da pandemia. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade