Publicidade

Estado de Minas INTIMIDAÇÃO

Homem rebate fiscal em bar de BH: 'Cidadão não, servidor público federal'

Durante uma abordagem para interditar um restaurante, o cliente se exaltou e discutiu com os fiscais


04/12/2020 20:47 - atualizado 04/12/2020 22:58

Bares de Belo Horizonte foram alvo de fiscalização de agentes da Prefeitura(foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
Bares de Belo Horizonte foram alvo de fiscalização de agentes da Prefeitura (foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)
Um cliente inconformado com uma ação de fiscalização da Prefeitura de Belo Horizonte  em bares e restaurantes da capital foi filmado discutindo com os fiscais e se exaltando com a situação. Registrado no último sábado (28/11), o vídeo voltou a circular com força nas redes sociais nesta sexta-feira (4/12). 

Por volta das 21h40, os agentes realizavam a interdição de um bar no Bairro de Lourdes, Região Centro-Sul de BH. Segundo os fiscais, o estabelecimento não cumpria as medidas de segurança contra o coronavírus, como distanciamento entre as mesas e uso de máscaras pelos clientes.
 
 
A ação de interdição, porém, foi interrompida por um homem inconformado com a situação. No vídeo, é possível ver que o cliente discute com os fiscais. “Você trabalha para a população. Você está errado”, ele diz. Em seguida, um dos agentes se dirige a ele, chamando-o de cidadão. Foi então que o cliente rebateu: “Cidadão não, servidor público federal! Eu sei das minhas obrigações e meus deveres”, completa. Assista ao vídeo. 
 
 

“Cidadão não. Engenheiro civil formado, melhor do que você”

O episódio lembra um acontecimento semelhante, ocorrido no Rio de Janeiro, em julho deste ano. Uma equipe do programa Fantástico, da TV Globo, acompanhava fiscais da Vigilância Sanitária, em bares e restaurantes da capital fluminense, quando os agentes foram intimidados por clientes. 

A mulher de um deles responde aos agentes com a frase: “Cidadão, não. Engenheiro civil, formado. Melhor do que você”. O vídeo viralizou nas redes sociais e, diante da repercussão do caso, a mulher foi demitida da empresa em que trabalhava.
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor João Renato Faria


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade