Publicidade

Estado de Minas OBRA

Trecho da BR-135 no Norte de Minas volta para o governo federal

Mudança reacende esperança de que promessa de que asfaltamento da estrada, entre Itacarambi e Manga, finalmente saia do papel


04/12/2020 12:43 - atualizado 04/12/2020 13:35

Pavimentação da BR 135, entre Itacarambi e Manga, é aguardada há décadas(foto: Solon Queiroz/Especial para o EM)
Pavimentação da BR 135, entre Itacarambi e Manga, é aguardada há décadas (foto: Solon Queiroz/Especial para o EM)
Depois de vários anos de promessa, surge a esperança de que o asfaltamento do trecho da BR-135, entre os municípios de Itacarambi e Manga, passando por São João das Missoes, no Norte de Minas, finalmente, deverá virar realidade.

Essa expectativa foi reforçada com uma mudança em relação ao percurso da rodovia, que estava sob jurisdição do governo do estado e agora retornou para a União. Foi publicado no Diário Oficial 'Minas Gerais' nesta sexta-feira (04/12), projeto de lei sancionado pelo governador Romeu Zema (Novo) que transfere para a União trecho da BR-135, entre Itacarambi e Manga, de 49 quilômetros. A estrada tinha sido 'estadualizada' em 2018.

O projeto de lei da 'federalização' do trecho da BR-135 no Norte de Minas, de autoria do deputado estadual Arlen Santiago (PTB), foi aprovado pela Assembleia Legislativa na quinta-feira (03/12).

No mesmo dia, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes Freitas, publicou postagem no Twitter, sinalizando a liberação de recursos pelo governo federal para o asfaltamento da rodovia.

"A tão pedida pavimentação da BR-135 entre Manga e Itacarambi avançou hoje (quinta-feira) com a autorização da Assembleia mineira para a federalização. Aguardamos sanção para licitarmos a obra. É o único trecho da 135 em MG ainda não pavimentado", anunciou o ministro na postagem.

Segundo Santiago, a pavimentação dos 41 quilômetros da BR-135 está orçada em cerca de R$ 100 milhões. O parlamentar disse que existe um compromisso do governo estadual para agilizar o processo de licenciamento do asfaltamento da rodovia. A expectativa é que os serviços sejam concluídos em 2022 ou no primeiro semestre de 2023.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade