Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Trabalhador morre depois de sofrer descarga elétrica e cair de construção

Gedai Maximiano estava movendo uma armação de vergalhões, que tocou cabos de alta tensão; ele caiu de uma altura de 3 metros


03/11/2020 15:00 - atualizado 03/11/2020 18:28

Jedai trabalhava na sacada desta casa onde uma lona preta protege o parapeito, bem próximo dos fios de alta tensão(foto: Tim Filho)
Jedai trabalhava na sacada desta casa onde uma lona preta protege o parapeito, bem próximo dos fios de alta tensão (foto: Tim Filho)
Um trabalhador de uma obra de construção na Rua R, 80, Bairro Vale Verde, em Governador Valadares, no leste de Minas, morreu na manhã desta terça-feira (3/11), depois de cair de uma altura de aproximadamente 3 metros. Gedai Maximiamo, de 32 anos, estava trabalhando na construção de uma pilastra e, ao mover uma armação feita com vergalhões, esbarrou a estrutura metálica nos fios de alta tensão que passam bem próximo da obra.

A descarga elétrica provocou a queda do trabalhador, que despencou do local onde estava, caindo no quintal de uma casa ao lado da construção em que trabalhava. Os outros trabalhadores da obra chamaram o SAMU e o Corpo de Bombeiros para socorrer Gedai. As viaturas chegaram ao local do acidente minutos depois do chamado, mas os bombeiros e os socorristas já o encontraram sem vida.

O acidente aconteceu às 10h30, e até por volta de 15h, o corpo de Gedai ainda não havia sido liberado. Alguns de seus familiares, que moram em outra região da cidade, foram até à construção e estavam ansiosos pela chegada da perícia técnica e a pela liberação do corpo.

Uma equipe dos Bombeiros permaneceu no local a espera dos peritos, que iriam determinar as causas do acidente e a causa da morte de Gedai. Havia dúvidas se o choque elétrico causou a morte do trabalhador ou por possíveis fraturas sofridas por ele ao cair de uma altura de 3 metros.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade