Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Homem é preso por atirar contra a casa da ex-companheira na Grande BH

Ele usou uma bala envenenada para que, caso a mulher fosse atingida, morresse mais rápido. Ao ser preso, agressor disse que pretende matá-la ao sair da cadeia


01/11/2020 20:53 - atualizado 01/11/2020 21:34

Na imagem, Bairro Cortesia, em Rio Acima(foto: Google Street View/ Reprodução)
Na imagem, Bairro Cortesia, em Rio Acima (foto: Google Street View/ Reprodução)
Um homem de 37 anos foi preso depois de desrespeitar uma medida protetiva e tentar matar a ex-companheira, também de 37, neste domingo (1º/11), no Bairro Cortesia, em Rio Acima, na Grande BH.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o homem disse que "não aceitava o fim do relacionamento" de quatro anos e que gostaria de conversar. Por volta das 22h desse sábado (31/10), ele foi até a casa dela. Mas, ela não atendeu. Ele tentou forçar a porta, mas desistiu. Horas mais tarde, voltou com a arma em punho e muito nervoso.

Segundo o relato da vítima à polícia, ele atirou contra a casa gritando que mataria a ex-namorada. Com muito medo, ela se escondeu dentro de casa e, no início da tarde deste domingo, foi até a delegacia para fazer o registro.

Essa é a segunda vez que ela procura à polícia para fazer denúncia contra o agressor. Em 2019, ela registrou um boletim de ocorrência que constava uma ameaça. A Polícia Militar (PM) foi à casa do homem neste domingo.

No local, foi localizado um pino de cocaína e um revólver calibre 38. Além do mais, ele teria inserido veneno na bala e assumiu que era para ela "morrer mais rápido", caso fosse atingira pelo tiro.

O homem foi preso. Ele disse aos policiais que ainda quer matá-la quando for solto.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade