Publicidade

Estado de Minas EXECUÇÃO

Mãe, filho e amigo morrem em ataque a tiros em BH; outro baleado sobreviveu

Crime foi na madrugada deste sábado, no Granja Werneck, bairro da Região Norte da capital


17/10/2020 15:36 - atualizado 17/10/2020 16:18

(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

Um crime durante a madrugada deste sábado, em BH, deixou mortos mãe e filho, além de um amigo da família, e outro homem ferido. Por volta das 3h45, a Polícia Militar foi acionada para a ocorrência na Rua Vitória da Conquista, no Bairro Granja Werneck, na Região Norte da capital.

O homem de 40 anos que sobreviveu ao ataque contou que dois criminosos invadiram a casa e atiraram contra Eliana Santa de Souza Martins, de 42 anos, seu filho Alan de Souza do Nascimento, de 19, e um conhecido dos dois, Cleberson Carlos Ferreira, 25. A testemunha relatou que os quatro dormiam no momento do arrombamento.

Alan estava em um dos quartos e levou oito tiros, nas costas e na cabeça. No outro quarto, Eliana foi atingida por seis tiros, no tórax e no braço, e no cômodo também dormia Cleberson, baleado na nuca. Ele chegou a correr para um lote vago próximo à residência, mas acabou morrendo ali mesmo.

O sobrevivente, companheiro de Eliana, foi alvejado duas vezes na coxa. Ele conseguiu fugir e pedir ajuda a vizinhos. Foi socorrido, levado para o Hospital Risoleta Tolentino Neves e precisou ser submetido a intervenção cirúrgica. Não há dados sobre seu estado de saúde.

Em contato com os moradores próximos, os policiais não conseguiram informações sobre possíveis autores ou o motivo dos homicídios. Todos resolveram manter silêncio, como fez o irmão de Cleberson, que esteve na casa após o ocorrido, e não deu declarações nesse sentido.

Até agora, nenhum suspeito foi identificado ou preso. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a perícia foram acionados e estiveram no local, assim como o Instituto Médico Legal (IML). O crime foi registrado na Central de Flagrantes (Ceflan 1), no Bairro Floresta. A investigação está a cargo da Polícia Civil.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade