Publicidade

Estado de Minas

Morro do Papagaio e Santa Lúcia completam 150 dias sem homicídios

Último crime de morte foi em 10 de maio


08/10/2020 21:54

Vista do Aglomerado Santa Lúcia(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Vista do Aglomerado Santa Lúcia (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

O Morro do Papagaio e o Aglomerado Santa Lúcia, tidos como um dos pontos mais violentos da capital, junto com Aglomerado da Serra e Taquaril, chegam há 150 dias sem homicídios.

 

As quatro regiões representam as maiores favelas de Belo Horizonte. O tenente coronel Fábio Almeida lembra que o Morro do Papagaio e o Aglomerado Santa Lúcia são importantes por terem sido os pontos que serviram como embriões das estratégias de policiamento em aglomerados urbanos, quando foi criada a primeira patrulha nesse sentido, batizada São Thomaz de Aquino.

 

O último assassinato ocorrido nessas regiões foi em 10 de maio. Nesse período, foram apreendidas 26 armas de fogo, 152 pessoas foram presas em flagrante, 43 menores infratores foram apreendidos e nove foragidos da Justiça foram recapturados. Foram aprrendidos 1.785 pinos de cocaína, 1.001 barras, buchas e porções de maconha, 371 pedras de crack, 26 celulares furtados ou roubados recuperados e quatro veículos roubados recuperados. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade