Publicidade

Estado de Minas REMÉDIOS

Aglomerados, pacientes de risco aguardam por cerca de 40 minutos em fila na Farmácia de Minas

Espera no local voltou a causar aglomerações durante a pandemia


16/10/2020 10:37 - atualizado 16/10/2020 11:16

(foto: Leandro Couri/EM/DA Press)
(foto: Leandro Couri/EM/DA Press)
Demora e aglomeração de pessoas que fazem parte do grupo de risco da COVID-19. A reportagem do Estado de Minas flagrou na manhã desta sexta-feira, mais uma vez, a fila formada por pacientes em busca de medicamentos na Farmácia de Minas, no Bairro Santo Agostinho, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. 


Na manhã desta sexta-feira (16), no entanto, as pessoas da fila — em sua maioria parentes de pacientes que passaram por cirurgia e idosos que não têm quem busque o remédio para eles — se aglomeraram e enfrentaram cerca de 40 minutos de espera pelo atendimento.

Eliane Antunes, que foi até a Farmácia de Minas buscar medicamentos para a mãe de 74 anos que sofre de problemas na coluna, conta que normalmente a espera do lado de fora do local tem sido breve e todo processo até a chegada ao guichê dura no máximo 25 minutos. Nesta manhã, no entanto o tempo dobrou.

“Não sei se é devido ao feriado em plena segunda-feira, mas hoje está demorando mais do que os dias que a gente costuma vir. A gente chega passa um minuto e já chegam mais de 15 pessoas atrás e andar mesmo que é bom, mais de meia hora”, disse.

(foto: Leandro Couri/EM/DA Press)
(foto: Leandro Couri/EM/DA Press)
Apesar das orientações, o distanciamento mínimo de 1 metro não estava sendo respeitado. Alguns dos que aguardavam não utilizavam a máscara corretamente deixando nariz e boca descobertos.

A reportagem entrou em contato com a SES que não se posicionou até o momento desta publicação.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade