Publicidade

Estado de Minas

Estudante de educação física é localizada após quase 20 dias desaparecida em BH

Mariana Drumond não era vista desde 24 de setembro. Desaparecimento mobilizou familiares e policiais. Universitária foi encontrada no Centro de BH


12/10/2020 09:57 - atualizado 12/10/2020 17:28

Mariana havia sido vista pela última vez em 24 de setembro saindo do prédio onde mora(foto: Reprodução da internet/Facebook)
Mariana havia sido vista pela última vez em 24 de setembro saindo do prédio onde mora (foto: Reprodução da internet/Facebook)


O alívio finalmente chegou para a família da universitária Mariana Lima Drumond, de 35 anos. Desaparecida desde 24 de setembro após sair de casa no Bairro Santa Efigênia, Região Leste de Belo Horizonte, ela foi localizada nesse domingo. A informação foi confirmada por uma tia da estudante de educação física nesta segunda-feira. 

“Ela foi encontrada na Praça Raul Soares (Centro) ontem à noite. Um rapaz que faz um trabalho com moradores de rua passou por lá e, pela descrição da roupa, percebeu que era ela”, explicou Vânia de Freitas Drumond, de 68 anos. A jovem estava calma, segundo as testemunhas. “Depois chegou a polícia. Eles conversaram com ela de uma forma muito tranquila. A mãe foi lá encontrar com ela e Mariana quis voltar para casa”, conta a tia. 

Segundo ela, hoje Mariana está em casa com os pais. Ela também comentou como foram os 17 dias de buscas pela sobrinha. “Foi um sofrimento muito grande, sem saber onde ela estava, como estava, passa de tudo pela cabeça. Mas, graças a Deus, ela foi encontrada ontem”, pontuou. 

Mariana tem esquizofrenia e está em tratamento. No mês passado, a tia dela contou que a jovem ficou internada por dois meses no Hospital André Luiz, na Região Oeste de Belo Horizonte, e havia recebido alta em 17 de setembro. No dia do desaparecimento, ela tinha uma consulta médica. 

A família procurou a polícia, que divulgou um cartaz e canais para que a população entrasse em contato com pistas do paradeiro da universitária. Eles também contrataram um motoboy para percorrer as ruas da capital para procura-la, além de afixar e distribuir cartazes com a foto de Mariana em Belo Horizonte. 

A Polícia Civil informou que, diante do reaparecimento de Mariana, a família dela deverá ir a uma delegacia para registar o Boletim de Ocorrência sobre a localização. ainda segundo a polícia, a Divisão Especializada de Referência da Pessoa Desaparecida seguirá com as investigações para  a conclusão do caso.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade