Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Homem filma grupo comemorando aniversário em restaurante e causa confusão; veja vídeo

Vítimas se sentiram incomodadas com a invasão de privacidade; suspeito disse que o estabelecimento estaria descumprindo normas de prevenção ao novo coronavírus


09/10/2020 11:52 - atualizado 09/10/2020 12:54

Confusão no shopping de Varginha após homem filmar família em restaurante(foto: Redes Sociais/Reprodução)
Confusão no shopping de Varginha após homem filmar família em restaurante (foto: Redes Sociais/Reprodução)
A Polícia Militar foi acionada após uma confusão no shopping de Varginha, no Sul de Minas, na noite dessa quinta-feira (8). Familiares comemoravam um aniversário em um restaurante recém-inaugurado quando um homem teria filmado as pessoas no local. O suspeito disse à polícia que o estabelecimento estaria descumprindo normas de prevenção ao novo coronavírus.

 

De acordo com a PM, as vítimas estavam em uma mesa reservada no restaurante e os ânimos se alteraram depois que o suspeito se aproximou das pessoas.


“O citado indivíduo aproximou-se da família e, ao indagá-lo quanto a sua atitude, tal indivíduo passou a ameaçar seus familiares e a proferir palavras de baixo calão, o que provocou a revolta de um dos membros da família, que partiu em direção ao indivíduo que tirava fotos, vindo os envolvidos a entrarem em vias de fato”, afirma nota da PM.

 

Parte da confusão foi filmada por testemunhas que estavam no local. Na imagem, o suspeito aparece se aproximando da mesa, quando é agredido por um homem. Ele revida as agressões e parte pra cima do rapaz. Outras pessoas tentam separar a briga e também são agredidas.

 

A polícia foi acionada e todos os envolvidos foram levados para a delegacia de Polícia Civil. “O autor que fotografava a família relatou que o local estaria descumprindo normas de prevenção da COVID-19 e que realizou filmagens para comprovar os fatos, comunicando inclusive a Vigilância Sanitária”, completa.

 

O suspeito estava acompanhado do filho dele, que também participou da briga. “Ele relata que foi ameaçado e ofendido pelo primeiro envolvido, que reservou as mesas e que foi agredido fisicamente por outro membro da família dele, mencionando inclusive que, em meio à confusão, seu filho foi agredido por três garçons”, ressalta.

 

De acordo com a polícia, os garçons envolvidos na confusão afirmaram que apenas tentaram apartar a briga. “Todos envolvidos receberam voz de prisão, sendo lavrado termos de compromisso de comparecimento, devendo todos comparecerem no Juizado Especial Criminal de Varginha em data específica. Depois de assinarem seus respectivos termos, foram liberados”.

 

Segundo a prefeitura, a denúncia foi feita para a Vigilância Sanitária e o estabelecimento foi notificado. “A denúncia chegou pelo disque-denúncia, via whatsapp, em prevenção ao novo coronavírus. Os ficais tomaram conhecimento e foram até o local. A empresa vai ser autuada e responderá ao fato em processo administrativo sanitário”, explica Nara Alvarenga, coordenadora da Vigilância Sanitária da cidade.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade