Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA

Cinco pessoas são assassinadas em menos de 24 horas na Grande BH

Foram dois duplos homicídios, em Matozinhos e Betim, e um homem foi degolado dentro de casa, em Santa Luzia


28/09/2020 20:54 - atualizado 28/09/2020 21:18

Local onde o carro com os corpos dos irmãos Décio e Laurentino foram encontrados, em Matozinhos(foto: Google Street View)
Local onde o carro com os corpos dos irmãos Décio e Laurentino foram encontrados, em Matozinhos (foto: Google Street View)

Em menos de 24 horas, cinco homicídios na Grande BH: Matozinhos, Betim e Santa Luzia. Os motivos incluem briga por herança e acerto de contas. Em um deles, a causa ainda é um mistério.

Em Matozinhos, dois irmãos foram mortos. Em Betim, outro duplo homicídio, provavelmente ligado ao tráfico de drogas. Em Santa Luzia, um homem foi degolado dentro de casa. 

Possível briga por herança em Matozinhos

Uma briga pela herança de um lote, em Matozinhos, é a hipótese levantada tanto pela Polícia Militar quanto pela Polícia Civil para o assassinato dos irmãos Décio Joaquim Diniz, de 47 anos, e Laurentino Basílio Diniz, de 59. Os corpos dos dois homens foram encontrados crivados de bala, dentro de um Renault, de propriedade de Décio.

O crime ocorreu na noite de domingo. O carro foi encontrado na Rua Joanna D’Arc, em frente ao número 189, no Bairro Florestal. Décio estava no banco da frente e seu irmão, no de trás. Ambos tinham ferimentos na cabeça e no peito. No total, 13 tiros.

Segundo as primeiras investigações, os policiais ficaram sabendo, pela mulher de Décio, que ele e um sobrinho, ALS, de 36 anos, estavam brigando pela partilha da herança de um parente. O bem em disputa era um lote na cidade.

Tão logo tomaram conhecimento desse fato, os policiais saíram no encalço de ALS, mas ele não foi encontrado, o que aumenta as suspeitas de que ele seja o autor do duplo assassinato. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Matozinhos.

Acerto de contas em Betim

Na tarde dessa segunda-feira (28), numa casa em Betim, um homem, de 22 anos, apontou um revólver para Rafael e Warley, que correram para o quintal. Lá, acabaram baleados e tombaram mortos. O atirador fugiu.

O local era um ponto de venda de drogas. Moradores da rua contaram aos policiais militares como homem que invadiu o local estava vestido e, assim, a PM conseguiu localizar e prender o autor dos assassinatos, no Bairro Colônia Santa Isabel.

O matador, ao ser preso, estava com a arma do crime e confessou o crime, dizendo ainda que Rafael e Warley estavam promovendo o terror na região. Pois seriam autores de roubos, torturas, tráfico de drogas e por terem matado um pessoa.

No entanto, os policiais receberam, ainda, a informação de que o crime teria sido encomendado por traficantes do Bairro Citrolândia. No entanto, não descartaram o envolvimento das duas vítimas em outros crimes, revelando que têm várias passagens pela polícia. O caso foi registrado na Delegacia de Betim, para onde o criminoso foi levado e a arma está recolhida.


Mistério em Santa Luzia

Policiais de Santa Luzia trabalham para desvendar a morte de Márcio Geraldo Basílio Soares, de 51 anos, encontrado degolado na manhã desta segunda-feira (28), dentro de sua casa, na Rua Vander Coupe, 54, em Santa Luzia.

Policiais Militares foram chamados ao endereço por um vizinho, que deu pela falta do amigo, que sempre se levantava cedo. A casa tem dois andares, sendo que lá existem duas residências. Na escada que leva ao segundo andar, os policiais encontraram um rastro de sangue. Na parte de cima, depararam com o corpo da vítima, caído, dento de uma poça de sangue, com um corte no pescoço.

No andar de baixo reside um casal, um homem de 60 anos, que se tornou o principal suspeito, e sua mulher, de 37. Ela contou aos policiais que ela e o marido passaram o domingo bebendo e que não se recordava de nada.

No entanto, disse que o marido tinha saído cedo, dizendo que tinha de ir à casa de parentes, no Bairro São João Batista, em Belo Horizonte. Os policiais se deslocaram até o endereço, mas ninguém tinha visto o suspeito, que está desaparecido.

O caso foi registrado na Delegacia de Santa Luzia, que dará prosseguimento às investigações. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de BH.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade