Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Aulas presenciais em Varginha são suspensas até o fim do ano

Novo decreto vale mantém escolas fechadas até 31 de dezembro; prefeitura criou, porém, Grupo Especial de Trabalho para avaliar protocolo de retorno e rever prazos


26/09/2020 11:50 - atualizado 26/09/2020 12:19

Aulas presenciais estão suspensas até o fim do ano(foto: Varginha Digital/divulgação )
Aulas presenciais estão suspensas até o fim do ano (foto: Varginha Digital/divulgação )
A Prefeitura de Varginha, no Sul de Minas, decidiu suspender as aulas presenciais até o fim do ano. A cidade não faz parte do Programa Minas Consciente e obedece a decreto municipal. A nova medida foi publicada nessa sexta-feira (25). UM Grupo Especial de Trabalho foi criado para avaliar protocolo de retorno.

 

O novo decreto foi elaborado depois da decisão do governo de Minas de liberar as cidades das macrorregiões na onda verde do plano Minas Consciente para reabrir suas escolas a partir de 5 de outubro. De acordo com a prefeitura, o pronunciamento gerou dúvidas na população.

 

O documento diz que o prazo, estipulado até 31 de dezembro, pode ser reduzido ou ampliado caso exista recomendação sanitária e protocolos seguros de prevenção da COVID-19. “Qualquer decisão inerente a um eventual retorno das aulas presenciais, deverá passar, antes, por criteriosa e rigorosa análise por parte das autoridades locais, juntamente com a equipe da educação, além de análise jurídica própria”, diz trecho do documento.

 

A prefeitura criou o “Grupo Especial de Trabalho” composto pelo procurador-geral do município, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária Municipal. Esse grupo vai ser responsável pela análise e elaboração de protocolos para o retorno das atividades presenciais. O trabalho deve passar por aprovação.

 

Ainda de acordo com o documento, o grupo também vai contar com representantes da Superintendência Regional de Ensino em Varginha, Superintendência Regional de Saúde da cidade, diretores e professores da rede municipal, estadual, federal e privada. As redes de ensino superior, pública e privada, também foram incluídas.

 

Varginha segue com 980 casos confirmados do novo coronavírus e 34 mortes registradas em decorrência da doença.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade