Publicidade

Estado de Minas TECNOLOGIA

Pará de Minas terá 120 câmeras para combater criminalidade

Equipamentos também irão identificar pessoas que realizam bota-fora irregular, contar veículos para atuar de forma integrada com semáforos e identificar quem entra e sai da cidade


21/09/2020 20:27 - atualizado 22/09/2020 15:37

Nesta primeira fase, serão instaladas 45 câmeras em bairros da área central, principais avenidas e entradas e saídas da cidade (foto: Prefeitura de Pará de Minas/Divulgação)
Nesta primeira fase, serão instaladas 45 câmeras em bairros da área central, principais avenidas e entradas e saídas da cidade (foto: Prefeitura de Pará de Minas/Divulgação)
De olho na criminalidade, a cidade de Pará de Minas, no Centro-Oeste mineiro, começou a instalar câmeras de segurança em vias estratégicas e pontos turísticos. Ao todo, serão implantados 120 equipamentos e, nesta primeira etapa, 45 câmeras de monitoramento já estão sendo instaladas nos bairros da área central, principais avenidas, além das entradas e saídas do município.

O projeto será realizado em parceria com a Polícia Militar, que terá uma sala de comando no quartel da 19ª Companhia Independente. As obras já estão em andamento, a conclusão está prevista para novembro, mas isso não quer dizer que as câmeras já não estejam registrando imagens da cidade.

“Cada câmera instalada é uma câmera em funcionamento. Não estamos esperando instalar todas as câmeras para pôr [o sistema] em funcionamento. Depois de tudo pronto, vamos ter a central de monitoramento, com a equipe dividida com 10 profissionais e a Polícia Militar. Já estamos obtendo resultados hoje”, afirmou o prefeito Elias Diniz.

Um dos lugares a receber as câmeras é o Cristo Redentor, localizado na Serra de Santa Cruz. Com alcance de até 2 mil metros, a intenção é que as câmeras no alto da montanha possam realizar flagrantes em boa parte da cidade.

“Do Cristo, teremos condições de chegar até um ponto de entrada [da cidade], na avenida principal, envolvendo toda a parte do Senador Valadares. Lá temos uma visão maior, porque as câmeras são de alta resolução. Assim, as câmeras vão conseguir detectar questões até aqui mesmo na prefeitura”, analisou o prefeito.

A intenção é manter a trajetória de queda em várias modalidades criminosas. De acordo com dados da Polícia Militar, a cidade registrou declínio de 26,7% nos furtos nos primeiros sete meses deste ano, em relação ao mesmo período de 2019.

Outra funcionalidade das câmeras é o monitoramento dos veículos que entram e saem da cidade, alertando as autoridades de veículos apontados como roubados. Neste quesito, Pará de Minas também tem conseguido conter a violência. Nos primeiros sete meses de 2020 foram registrados 4.846 roubos de veículos, contra 6.239 no mesmo período do ano passado, uma retração de 22,3%.

Além do controle de veículos, o sistema está monitorando até mesmo o lugar onde as pessoas estacionam de forma inadequada e as pessoas que realizam bota-foras irregulares. Um carro que estiver jogando entulho num local impróprio será identificado e o condutor, notificado.
 

Importância para o trânsito 

Outra vantagem a ser promovida pelas câmeras diz respeito ao trânsito. O sistema de inteligência artificial irá realizar a contagem de carros e motos, e, de forma integrada, irá determinar o tempo de abertura dos semáforos da cidade e promover maior fluidez ao trânsito.

“O que queremos é uma cidade com maior qualidade de vida, com mais segurança e que a gente possa corrigir as coisas que estão fora do padrão. Quem vier cometer algum delito em Pará de Minas, e sabe que a cidade está sendo monitorada, vai pensar três vezes antes de entrar aqui”, ressaltou Elias.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade