Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: Após surto em asilo de Alfenas, idosos retornaram à Instituição

Volta foi marcada por festa e entrega das chaves da casa cedida para o tratamento; ao todo, 110 idosos e 27 funcionários foram infectados pelo novo coronavírus


11/09/2020 10:14 - atualizado 11/09/2020 10:49

Volta de idosos foi marcada com festa e entrega das chaves da casa de apoio(foto: Lar São Vicente de Paulo)
Volta de idosos foi marcada com festa e entrega das chaves da casa de apoio (foto: Lar São Vicente de Paulo)
Os idosos do asilo Lar São Vicente de Paulo, em Alfenas, no Sul de Minas, que havia sido acometido por um surto de COVID-19, já retornaram para a instituição. Ao todo, foram 110 moradores e 27 funcionários infectados pelo novo coronavírus, sendo que 17 idosos morreram em decorrência da doença.

 

De acordo com a diretora do asilo, Flávia Corrêa, a estrutura onde os pacientes fazem tratamento oncológico foi usada para a recuperação dos idosos. “Inicialmente, os idosos infectados foram para a casa de apoio. Em seguida, fizemos outro exame e a maioria testou positivo. Então voltamos com os infectados para o asilo e os que não estavam contaminados foram para a casa de apoio, por medida de segurança. Apenas sete não tiveram a doença. Do total de contaminados, alguns idosos foram internados, mas o número variou muito de um dia para o outro”, explica.

 

Idosos foram recebidos com muita alegria(foto: Lar São Vicente de Paulo)
Idosos foram recebidos com muita alegria (foto: Lar São Vicente de Paulo)
Depois de dois meses em tratamento, o retorno para o Lar São Vicente de Paulo nessa quinta-feira (10) foi simbolizado com a entrega das chaves da casa de apoio e festa na chegada ao asilo. “Cada retorno uma emoção diferente. Seja do hospital ou da casa de apoio. Fizemos a entrega das chaves na saída da casa de apoio para marcar que eles estão voltando para casa, para ao lar deles”, ressalta.

 

Fotos tiradas durante o isolamento foram colocadas em um quadro(foto: Lar São Vicente de Paulo)
Fotos tiradas durante o isolamento foram colocadas em um quadro (foto: Lar São Vicente de Paulo)
Os idosos também ganharam um quadro com as fotos tiradas durante o isolamento. “O quadro foi dado de presente e vai ficar na casa de apoio. Cada gesto para marcar que eles estão bem e saudáveis”, completa.

 

Segundo a diretora, dos 27 funcionários que foram contaminados, a maior parte deles não apresentou sintomas. Apenas um precisou ser internado e todos já estão recuperados.

 

Mesmo com o retorno dos idosos e a recuperação dos funcionários, as medidas de prevenção no asilo vão continuar. “Temos alguns idosos que voltaram de um período longo de internação. Eles ainda estão se recuperando. Ninguém sabe se ainda existe uma possibilidade de reinfecção. Então os cuidados continuam”, finaliza.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade