Publicidade

Estado de Minas ESTOQUE DE SANGUE

'Vidas podem ser perdidas em nosso estado por falta de sangue', diz Zema

O governador de Minas aproveitou o feriado para convocar a população a doar sangue. Queda no estoque de alguns tipos sanguíneos é 40%


06/09/2020 16:25 - atualizado 06/09/2020 16:57

Para garantir a segurança, a Hemominas intensificou os procedimentos de limpeza e prevenção durante a pandemia de COVID-19(foto: Hemominas/Adair Gomez)
Para garantir a segurança, a Hemominas intensificou os procedimentos de limpeza e prevenção durante a pandemia de COVID-19 (foto: Hemominas/Adair Gomez)


“Vidas podem ser perdidas em nosso estado por falta de sangue.” O alerta em forma de apelo é do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, que aproveitou o feriado prolongado para convocar a população mineira a fazer uma atividade que é tão essencial quanto urgente para salvar vidas: doar sangue. 

Os estoques de grupos sanguíneos como O positivo e negativo já registram queda de mais de 40%. “É totalmente seguro fazer a doação nas unidades da Fundação Hemominas. Precisamos ajudar a repor o seu estoque”, ressalta o Zema.

Em um ano com demanda atipicamente alta desde os primeiros meses, manter o volume do estoque de bolsas de sangue tem sido um desafio. Primeiro vieram as fortes chuvas, em fevereiro, que arrasaram diversas regiões da capital e fizeram várias vítimas. Em seguida, o feriado prolongado do carnaval, que é um período em que se registram muitos acidentes. 

Logo depois, a pandemia do novo coronavírus, que impôs uma sobrecarga no sistema de saúde. “A pandemia passou a refletir diretamente nos estoques de sangue, fundamentais para atendimento às demandas diárias dos estabelecimentos de saúde, bem como dos pacientes assistidos pela Hemominas em seus ambulatórios”, explicou Viviane Guerra, gerente de Captação e Cadastro de Doadores da Fundação Hemominas.

Além da alta demanda, o isolamento social tem contribuído para agravar ainda mais o quadro de escassez sanguínea no Hemominas. Segundo Viviane Guerra, as restrições de circulação e o avanço rápido da doença geraram muita ansiedade e medo na população, e isso vem impactando no comparecimento de doadores. 

Ambiente higienizado e seguro


Quem quiser praticar um gesto de solidariedade no feriado pode ficar tranquilo quanto à segurança. Viviane garante que as unidades de captação são ambientes que seguem à risca as normas de higiene e distanciamento.

Segundo ela, a Fundação intensificou os procedimentos de limpeza e prevenção, como a obrigatoriedade do uso de máscaras e o álcool em gel (70%) nas mãos, seja do doador ou qualquer pessoa que entrar nas unidades.

“Além disso, as salas de espera, como as de coleta do sangue, foram reorganizadas de forma a garantir um distanciamento mínimo de 1 metro entre os doadores”, acrescenta.

Doação só com agendamento


Para evitar aglomerações e doação de sangue ocorra de forma segura, os interessados devem agendar o horário e a data para doação pela internet ou pelo aplicativo MGapp-Cidadão.

É importante lembrar que, caso não possa comparecer no dia do agendamento, faça o cancelamento para o horário para outro candidato.


Para saber as condições e restrições para doação de sangue, clique aqui.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade