Publicidade

Estado de Minas EM FAMÍLIA

Pai e filho são presos após troca de tiros e perseguição policial no Buritis, em BH

Dupla estava sendo procurada pela polícia por sequência de crimes na região; mesmo com tiroteio e perseguição, ninguém se feriu


03/09/2020 08:04 - atualizado 03/09/2020 08:21

Dupla foi localizada na Rua Aripuanã, no Buritis(foto: Reprodução/Google Street View)
Dupla foi localizada na Rua Aripuanã, no Buritis (foto: Reprodução/Google Street View)
A noite dessa quarta-feira (2) foi intensa na região do Buritis, na Zona Oeste de BH. Pai de filho, de 43 e 25 anos, com extensas fichas criminais, foram presos após troca de tiros durante uma perseguição policial. Por sorte, ninguém ficou ferido.

A dupla já estava sendo procurada pela polícia por sequência de crimes praticados na região nos últimos dias. Os militares tentavam localizá-los por meio do rastreamento do veículo em que eles estavam, um Fiat Uno roubado. A dupla foi flagrada na Rua Aripuanã, no Buritis. 

No local, foi dada ordem de parada para o condutor do veículo, mas os homens desobedeceram e chegaram a jogar o carro para cima dos militares, tentando atropelá-los. Em seguida, a dupla começou a atirar contra a guarnição, que revidou. Iniciou-se, então, um tiroteio.

A dupla fugiu e foi perseguida pelos policiais, que montaram um cerco na região do Buritis e proximidades. Pouco depois, o veículo foi visto trafegando na Avenida Dom João VI, já no bairro vizinho Palmeiras.

Ao se depararem com os policiais novamente, os homens sairam em alta velocidade pela avenida. A perseguição seguiu até que eles bateram o carro  em um outro veículo, um Fiat Palio, que estava estacionado na via. Nesse momento, eles foram abordados pelos militares.

Mesmo com a abordagem, um dos autores continuou apontando a arma para os policiais. Para contê-lo, um dos militares atirou para cima. Nenhum dos disparos atingiu ninguém e o homem soltou o revólver.

Foi constatado que o veículo foi fruto de um furto passado e, dentro dele, foram encontrados outros objetos que a Polícia também acredita serem proveniente de crimes.

Os dois foram presos em flagrante pelos crimes de receptação, furto e porte ilegal de arma de fogo. Ambos já tinham diversas passagens por crimes semelhantes. A dupla foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Plantão do Barreiro.



*Estagiário sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade