Publicidade

Estado de Minas ATROPELAMENTO

Polícia Civil divulga foto para tentar identificar motorista que atropelou e matou no Anel

Foram dois atropelamentos na última quarta-feira. Segunda vítima sofreu várias fraturas


31/08/2020 18:39 - atualizado 31/08/2020 19:03

A perícia recolheu partes do automóvel que ficaram na via(foto: Polícia Civil/Reprodução)
A perícia recolheu partes do automóvel que ficaram na via (foto: Polícia Civil/Reprodução)

“Procura-se um Renault Scénic, na cor prata”. Esse o alerta feito pela Polícia Civil, que ainda não conseguiu identificar o motorista que atropelou duas pessoas, no Anel Rodoviário, na altura do Conjunto Califórnia, sentido Rio de Janeiro, na última quarta-feira. No acidente, Reinaldo de Jesus da Silva, de 40 anos, morreu no local, e Edilson Márcio de Oliveira, de 55 anos, sofreu várias fraturas. O motorista fugiu sem prestar socorro. No acidente, Reinaldo de Jesus da Silva, de 40 anos, morreu no local, e Edilson Márcio de Oliveira, de 55 anos, sofreu várias fraturas. 
O condutor do veículo ainda não foi encontrado, mas as imagens do circuito de segurança de empresas próximas ao local do acidente estão sendo avaliadas para a identificação do carro e de quem dirigia o veículo. A perícia recolheu partes do automóvel que ficaram na via e os investigadores estão realizando levantamentos para traçar a rota feita pelo motorista após o acidente.

A polícia ainda conta com testemunhas que reconheçam o veículo, que está danificado, e que possam repassar alguma informação. A denúncia pode ser feita pelos telefones 181, de forma sigilosa, ou diretamente na Divisão Especializada em Prevenção e Investigação de Crimes de Trânsito (DEPICT), pelo telefone (31) 3214-7650, localizada na Rua Sergipe, 57, em Belo Horizonte. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade