Publicidade

Estado de Minas Vítima de infarto

Morre, em Belo Horizonte, padre Flávio Campos, da Igreja São José

O vigário paroquial, de 44 anos, foi encontrado morto no seu quarto, nesta segunda-feira (31)


31/08/2020 14:17 - atualizado 31/08/2020 14:41

(foto: Leandro Couri/D.A./Press)
(foto: Leandro Couri/D.A./Press)

Um homem carismático, religioso devotado e defensor do patrimônio cultural – em especial da Igreja São José, no Centro de Belo Horizonte. A congregação dos redentoristas informa que faleceu o padre Flávio Leonardo Santos Campos, de 44 anos, vítima de um infarto. O vigário paroquial foi encontrado morto em seu quarto, no Convento Redentorista de Belo Horizonte (MG), na manhã desta segunda-feira (31).

A missa de exéquias será realizada terça-feira (1º), às 9h, na Igreja São José, seguida do sepultamento em Belo Horizonte.

Natural de Congonhas, na Região Central de Minas, padre Flávio esteve, nos últimos oito anos, à frente das obras de restauração da Igreja São José, e não escondia seu orgulho pela importância e beleza do templo que recebe milhares de pessoas diariamente. Em 2020, a Paróquia São José comemora 120 anos e as celebrações foram suspensas devido à pandemia do novo coronavírus. 

Uma satisfação do padre era ser mestre-cervejeiro, atividade que desenvolvia com os redentoristas em Juiz de Fora, na Zona da Mata. Há poucos dias, padre Flávio havia feito uma cirurgia no joelho e estava convalescendo no convento em BH.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade