Publicidade

Estado de Minas VALORIZAÇÃO DA FÉ

Perto do bicentenário, Jubileu de Nossa Senhora da Saúde vira patrimônio imaterial

Tradicional comemoração da padroeira de Lagoa Santa atrai romeiros de todo o estado


31/08/2020 09:39 - atualizado 31/08/2020 15:04

Comemorações começam nove dias antes da celebração à Nossa Senhora da Saúde, e igreja fica lotada de fiéis(foto: Divulgação/Câmara Municipal de Lagoa Santa)
Comemorações começam nove dias antes da celebração à Nossa Senhora da Saúde, e igreja fica lotada de fiéis (foto: Divulgação/Câmara Municipal de Lagoa Santa)
A tradicional festa do Jubileu da Nossa Senhora da Saúde, em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, vai completar 200 anos em 2023 e foi reconhecida pelo Conselho Municipal de Cultura e Patrimônio Histórico como Patrimônio Imaterial. O título significa que essa manifestação tem importância histórica e cultural não só para o município, mas também para todo o patrimônio cultural brasileiro.

A assinatura do Livro de Registro ocorreu no fim da semana passado, no auditório da Escola Municipal Dr. Lund, e contou com a presença do arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor de Oliveira de Azevedo; do pároco da Paróquia Matriz Nossa Senhora da Saúde de Lagoa, Padre Ednei de Almeida Costa, e autoridades locais.

As comemorações do Jubileu da Nossa Senhora da Saúde refletem toda a expressividade da religiosidade popular dedicada à padroeira da cidade, sendo a maior festa religiosa da região metropolitana.

Esse tradicional evento tem singular importância para a comunidade lagoassantense, pois a devoção a Nossa Senhora da Saúde marca a fundação do povoado que deu origem à cidade. 

A celebração da padroeira do município também apresenta seu lado lúdico com apresentações musicais, um parque de diversão e as barraquinhas de comerciantes da cidade e região, por onde passam milhares de romeiros, de todas as regiões do país, em peregrinação. 

A participação da comunidade é bastante expressiva e acontece em vários momentos da festa. Na barraca central, montada próxima à Igreja Matriz, diversos voluntários participam dos preparativos e produção das comidas vendidas durante a festa.
 
Os eventos no interior da Igreja de Nossa Senhora da Saúde (missas e novena) ocorrem durante os nove dias precedentes ao dia da padroeira. São missas e novenas.

Ao longo dos dias da novena, a igreja é ocupada majoritariamente por lagoassantenses. Já o público das missas do dia 15 é em sua maioria constituído por romeiros, tanto dos municípios do entorno de Lagoa Santa como de outras regiões de Minas Gerais e de outros estados. 

Detalhes da festa


O Leilão de Prendas é organizado por um grupo voluntário de mulheres da terceira idade conhecido como as "Senhoras do Leilão”.

A cada ano, também, um casal de devotos é designado como Mordomos da Festa, sendo responsável por zelar pelo Mastro de Nossa Senhora da Saúde.

O casal tem a responsabilidade de ornamentar o pau do mastro e o quadro que vai emoldurar a imagem de Nossa Senhora da Saúde, além de convidar amigos, parentes e outros devotos a acompanharem a procissão do mastro entre a casa dos mordomos e a Igreja Matriz. 

O almoço servido no dia 15 de agosto é responsabilidade de duas pastorais ligadas à Paróquia de Nossa Senhora da Saúde: o Grupo de Cursilho e da Sociedade São Vicente de Paula.

A mão de obra é composta quase em sua totalidade por voluntárias que ajudam na preparação do almoço e no trabalho de servir os romeiros e lagoassantenses. 

O Leilão de Prendas, o Leilão de Gado e a Procissão de Nossa Senhora da Saúde são eventos realizados no entorno da Igreja Matriz e fazem parte da tradição da Festa de Agosto.

“Mesmo diante dos desafios da pandemia, o Jubileu deste ano foi especial. O verdadeiro sentido da festa, da unidade, da partilha, da união, se fez muito presente. Mesmo cada um respeitando o isolamento social, este ano deixamos um legado, e este reconhecimento veio através deste decreto. Gratidão aos fiéis, às autoridades, à Nossa Senhora da Saúde e a tantas outras pessoas que contribuíram de forma singular à festa”, destacou padre Ednei.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade