Publicidade

Estado de Minas ABUSOS

Pai que estuprava a filha há seis anos é preso em Mendes Pimentel

Investigações começaram em 31 de julho, quando o homem desapareceu e a vítima resolveu denunciar


28/08/2020 16:00 - atualizado 28/08/2020 16:15

Delegado Luiz Jardim, de São João Evangelista, responsável pelas investigações do caso(foto: Divulgação/Polícia Civil de Minas Gerais)
Delegado Luiz Jardim, de São João Evangelista, responsável pelas investigações do caso (foto: Divulgação/Polícia Civil de Minas Gerais)
Um homem, de 38 anos, que estuprava a filha desde os 10 anos – hoje ela tem 16 –, foi preso na manhã desta sexta-feira na zona rural de Mendes Pimentel, no Vale do Rio Doce, onde estava escondido desde o final de julho. A operação envolveu policiais das delegacias de São João Evangelista e Mantena

Segundo o delegado Luiz Jardim, de São João Evangelista, a polícia somente ficou sabendo do caso em 31 de julho, quando as investigações tiveram início. O suspeito tinha abandonado o emprego e desaparecido.

Em seu depoimento, a vítima contou que o pai entrava em seu quarto durante a noite e mantinha relações sexuais com ela. Quando ela se recusava, ele a agredia e a ameaçava.

“O homem exercia controle excessivo sobre a filha, impedindo-a, inclusive, de se comunicar em redes sociais e aplicativos de conversas, bem como de se relacionar com outras pessoas”, afirma o delegado.

Nos últimos dias, os policiais descobriram que o homem estaria escondido em Mendes Pimentel. O delegado Jardim pediu, então, ajuda à delegacia de Mantena e, com o delegado Iure da Mota, foi montada a operação.

O suspeito passou a ser monitorado pelos detetives de Mantena, e na manhã desta sexta-feira, foi deflagrada a operação que resultou na prisão do suspeito. O homem foi levado para a cadeia de São João Evangelista.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade