Publicidade

Estado de Minas CLIMA

BH tem sensação térmica de 0°C na manhã desta segunda-feira

Mínima na capital ficou em 9,2°C, nas regiões mais altas; em Maria da Fé, no Sul de Minas, termômetros chegaram a 1,7°C


24/08/2020 09:00 - atualizado 24/08/2020 09:08

Agasalhos marcaram presença na paisagem da capital na manhã desta segunda (24)(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A. Press)
Agasalhos marcaram presença na paisagem da capital na manhã desta segunda (24) (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A. Press)
A onda de frio intensa que atinge Minas Gerais seguirá predominando ainda no início desta semana. Nesta segunda (24), a mínima em BH foi de 9,2°C, com sensação térmica de 0°C nas regiões mais elevadas e com maior vegetação. A máxima não deve ultrapassar os 22°C.

Na capital, a tendência é de elevação gradual da temperatura ao longo da semana. "A madrugada ainda deve ser bastante fria amanhã (24), com temperaturas entre 8 e 9 graus e máxima que não ultrapasse os 23. Na quarta começaremos a ver uma ligeira elevação nas mínimas até que na sexta a máxima chega a 26°C", explica Anete Fernandes, meteorologista do 5º Distrito do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

O frio "congelante" na manhã desta segunda foi sentido em regiões mais altas e com maior vegetação da cidade, como os bairros Olhos D'Água, Buritis, Belvedere e as proximidades de Nova Lima. Os ventos nessas localidades chegaram a 50km/h - capaz de mover árvores de grande porte. Na Pampulha, onde as rajadas de vento foram mais fracas, a mínima e a sensação térmica foram de 10,3°C.

"Às vezes a sensação térmica de 0°C pode não ser muito representativa para as regiões mais urbanizadas, mas o que não significa que não tenha sido uma manhã de frio intenso", detalha a meteorologista.

A nebulosidade também começará a perder força nesta segunda-feira na capital. "Esse sistema foi uma exceção, em que o frio e a nebulosidade chegaram juntos. A grande formação de nuvens não permitia que a radiação chegasse e intensificou o frio. Agora, há uma tendência de abertura no céu, sem chance de chuva", completa Anete Fernandes.

A possibilidade de manhã mais fria do ano para esta segunda não se concretizou - o recorde ainda é de 29 de maio, quando os termômetros marcaram 8,3°C. O último sábado (22), entretanto, foi considerado o dia mais frio do ano, já que a temperatura máxima não ultrapassou os 15°C. 

1,7°C em Maria da Fé


O início da manhã foi gelado na região da Serra da Mantiqueira, com mínima de 1,7°C, em Maria da Fé, no Sul de Minas. Apesar do frio intenso, não houve registro de geadas.

"A geada é um fenômeno que acontece quando há baixas temperaturas durante tempo seco. A madrugada foi úmida na região, então mesmo com as baixas temperaturas não houve registros dessa precipitação, tivemos apenas nevoeiros", esclarece Fernandes.

A massa de ar polar já perdeu forças em regiões como a faixa norte de Minas e o Triângulo, onde as temperaturas voltam a chegar perto dos 30°C. Os índices de umidade nessa região ficarão baixos, próximo aos 20%.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade