Publicidade

Estado de Minas PRESERVAÇÃO

Agosto põe história de Minas em diálogo com a tecnologia

Mês do Patrimônio Cultural terá atividades no mundo virtual, com ponto alto no dia de aniversário do mineiro que foi pioneiro na política de proteção de bens nacionais


07/08/2020 06:00 - atualizado 07/08/2020 08:06

Programação tem como meta pôr manifestações, como a marujada de Chapada do Norte, ao alcance de todos(foto: Acervo Iepha/Divulgação)
Programação tem como meta pôr manifestações, como a marujada de Chapada do Norte, ao alcance de todos (foto: Acervo Iepha/Divulgação)


No ano em que o estado celebra um dos pontos altos de sua história – o tricentenário da criação da Capitania de Minas –, o mês de agosto traz uma programação especial dedicada ao patrimônio cultural. Devido à pandemia do novo coronavírus, a agenda presencial será substituída pelo sistema virtual, com atividades como exibição de documentários, exposições e seminários on-line. O ponto alto será no Dia Nacional do Patrimônio Histórico (17), que marca o nascimento do belo-horizontino Rodrigo Melo Franco de Andrade (1898-1969), advogado, jornalista e pioneiro na formulação e implementação da política pública de reconhecimento da diversidade da cultura nacional.

Segundo o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, a trajetória e o trabalho do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) nesse âmbito “são fundamentais para a proteção e manutenção do patrimônio material e imaterial no estado”. “Preservar os bens culturais é reverenciar a tradição com um olhar sobre o futuro e, sobretudo, com foco em como essa história viva pode nos ensinar a ser melhores como sociedade." 
 
A presidente do Iepha, Michele Arroyo, destaca que este ano, ao comemorar o mês de agosto, “mês de catopês, marujada, cabocladas, enfim, do patrimônio cultural, a instituição e parceiros vão levar toda essa beleza e diversidade à casa de cada um”. “Por meio de uma programação especial na Rede Minas e nas redes sociais do instituto e do Circuito Liberdade, todos são convidados a reviver lugares especiais, núcleos históricos, festas, ritos, acervos, modos de fazer, comidas tradicionais e músicas presentes na rica paisagem cultural de cada município de Minas.” Assim, acrescenta, “esperamos estimular todos os brasileiros para, em breve, percorrerem nosso estado e viver nossa história, nosso patrimônio cultural”.

"Preservar os bens culturais é reverenciar a tradição com um olhar sobre o futuro e, sobretudo, com foco em como essa história viva pode nos ensinar a ser melhores como sociedade"

Leônidas Oliveira, secretário de Estado de Cultura e Turismo



Programação


As Festas de Agosto fazem parte da paisagem cultural de Montes Claros, no Norte de Minas(foto: Luiz Ribeiro/EM/D.A Press - 16/8/18)
As Festas de Agosto fazem parte da paisagem cultural de Montes Claros, no Norte de Minas (foto: Luiz Ribeiro/EM/D.A Press - 16/8/18)
A partir desta sexta-feira, estará disponível no site do Iepha a edição virtual dos Cadernos do Patrimônio Cultural, com o resumo do processo de reconhecimento das folias de Minas como patrimônio imaterial do estado. A publicação estará disponível para ser lida ou baixada.

No Circuito Liberdade, os edifícios que abrigam os equipamentos culturais também se juntam à programação do mês do patrimônio cultural 2020. Por meio de vídeos, fotos e documentos, as histórias dos prédios do complexo, localizados no entorno da Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, serão contadas em cada espaço cultural, nas redes sociais e sites.
 
As celebrações do mês do Patrimônio Cultural 2020 em Minas contam também com o lançamento da terceira edição da Óculo – Revista do Patrimônio Cultural de Minas Gerais. Dedicada à fotografia, a publicação é resultado da parceria entre o Coletivo Nitro e o Iepha, realizada em agosto de 2017 para a comemoração do Dia do Patrimônio Cultural daquele ano. 

Serviço


Na rede As ações do Mês do Patrimônio estarão disponíveis gratuitamente nos sites iepha.mg.gov.brsecult.mg.gov.br e circuitoliberdade.mg.gov.br e nas redes sociais (Instagram, Facebook e YouTube) dos órgãos estaduais envolvidos: Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), Iepha-MG e outros, em parceria com a Appa – Arte e Cultura.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade