Publicidade

Estado de Minas Violência

Apreensão de armas freia guerra de gangues na Vila Beira Linha, em BH

Tiroteios intensos têm sido constantes na região nos finais de semana, impedindo até que as pessoas durmam


27/07/2020 17:05 - atualizado 27/07/2020 19:52

Duas submetralhadoras, dois carregadores de armas alongados, armas e munição foram apreendidas na operação(foto: PMMG/Divulgação)
Duas submetralhadoras, dois carregadores de armas alongados, armas e munição foram apreendidas na operação (foto: PMMG/Divulgação)
Uma rápida intervenção da Polícia Militar, que apreendeu armas e prendeu um homem, suspeito de chefiar uma gangue de tráfico de drogas, impediu que um tiroteio, que já estava marcado, acontecesse na Vila Beira Linha, Região Nordeste de Belo Horizonte, na noite de domingo (26).

O local vem sido apontado com um dos mais violentos da capital mineira devido à constância na troca de tiros entre gangues rivais. Nesse sábado (25) à noite, inclusive, os moradores foram acordados com um tiroteio.

O serviço de inteligência da Polícia Militar entrou em ação e identificou que um confronto estava marcado entre duas facções do tráfico para o dia seguinte.

Segundo o sargento Thiago Silva, que participou das operações, as guarnições conseguiram informações sobre integrantes das duas gangues e, assim, apreenderam muitas armas, duas submetralhadoras, munições 9mm, muitas balas deflagradas e dois carregadores de armas alongados.

A Companhia Independente de Policiamento com Cães da Polícia Militar de Minas Gerais (Rocca) também participou da ação.

O mais importante, segundo o sargento Thiago Silva, foi o fato de que a ação inibiu a guerra entre as gangues e os moradores tiveram uma noite de paz


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade