Publicidade

Estado de Minas UM ANO E MEIO DEPOIS

Intolerância: vídeo flagra homem destruindo homenagens às vítimas da tragédia de Brumadinho

Fato aconteceu na tarde deste domingo (26). Balões que lembravam a marca de um ano e seis meses da catástrofe foram estourados


26/07/2020 21:30 - atualizado 26/07/2020 21:39

Fotos tiradas antes e depois da destruição: famílias das vítimas da Vale massacradas novamente(foto: Reprodução/Associação dos Familiares de Vítimas do Rompimento da Barragem Mina Córrego Feijão Brumadinho (Avabrum))
Fotos tiradas antes e depois da destruição: famílias das vítimas da Vale massacradas novamente (foto: Reprodução/Associação dos Familiares de Vítimas do Rompimento da Barragem Mina Córrego Feijão Brumadinho (Avabrum))

 

Mais um caso de intolerância no Brasil. Um homem destruiu homenagens que lembravam as vítimas da tragédia de Brumadinho na tarde deste domingo (26). Um vídeo flagrou a destruição dos balões colocados nesse sábado (25), logo na entrada da cidade, diante da marca de um ano e seis meses da catástrofe.

 

 

 

Segundo Nathália Oliveira, da Associação dos Familiares de Vítimas do Rompimento da Barragem Mina Córrego Feijão Brumadinho (Avabrum), contou ao Estado de Minas que ainda não há informações sobre o suspeito.

 

 

“Nós fizemos os balões em homenagem às vítimas e deixamos expostos lá no marco da entrada (de Brumadinho). Alguém esteve lá hoje e destruiu tudo. Estourou todos os balões. Perguntamos no posto (de combustíveis) próximo, mas ninguém deu maiores informações (sobre o suspeito)”, conta Nathália.

 

De acordo com ela, a homenagem foi feita no sábado, data que marcou exato um ano e meio desde o rompimento da barragem administrada pela Vale.

 

Além dos balões, 15 velas foram deixadas no local, para relembrar as 11 vítimas ainda desaparecidas sob a lama de rejeitos e outras quatro que os familiares não quiseram sepultar.

 

Essas velas, no entanto, não foram destruídas.  

 

Também da Avabrum, Andressa Rodrigues lamentou o fato. “Estamos estarrecidos. Ainda não sabemos quem foi, mas é muito triste. A homenagem estava tão linda. Estou estarrecida com tamanha covardia", disse.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade