Publicidade

Estado de Minas TEM ATÉ MULTA

COVID-19: Campos Altos decreta toque de recolher

Novo decreto da prefeitura, em vigor desde terça-feira, também proíbe cultos religiosos por causa do novo coronavírus


postado em 24/06/2020 13:26 / atualizado em 24/06/2020 14:42

Em Campos Altos, está proibida a circulação de pessoas entre 21h e 5h, exceto em casos comprovados de necessidade(foto: Reprodução/ Internet)
Em Campos Altos, está proibida a circulação de pessoas entre 21h e 5h, exceto em casos comprovados de necessidade (foto: Reprodução/ Internet)
A Prefeitura de Campos Altos, na Região Centro-Oeste do de Minas Gerais, decretou o toque de recolher devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus na cidade. O novo decreto sobre o funcionamento de serviços locais, que entrou em vigor nessa terça-feira (23), também proíbe os cultos religiosos.

Segundo a ordem municipal, com o toque de recolher, fica proibida a circulação de pessoas nas vias entre 21h e 5h, exceto com comprovação da necessidade de acesso aos serviços essenciais ou no caso de quem trabalha em estabelecimentos autorizados a funcionar. 

O descumprimento pode acarretar condução coercitiva e multa no valor de R$ 174; Em caso de reincidência, a multa será elevada ao dobro. 

Além disso, no decreto foi reforçada a proibição de comemorações, eventos, festas, entre outros, inclusive familiares, em qualquer local, mesmo na zona rural do município.

Em caso de descumprimento o indivíduo poderá ser penalizado pelas autoridades fiscalizadoras, sendo aplicada multa no valor de R$ 1.522,50. Caso ocorra reincidência, a multa será de R$ 3.045. 

O Decreto nº 557/2020 tem validade até 28 de junho e os serviços que continuarem em funcionamento devem seguir uma série de recomendações da Secretaria Municipal de Saúde para evitar a propagação da COVID-19.

Os estabelecimentos devem intensificar a limpeza do ambiente, disponibilizar produtos de higiene e manter a distância mínima entre os clientes.

Entre os serviços que continuam funcionando estão:
  • Mercados, hortifrutigranjeiros e açougues;
  • Padarias e quitandas (proibido consumir o produto no local);
  • Farmácias e drogarias;
  • Postos de combustíveis;
  • Distribuidoras de gás;
  • Construção civil;
  • Hotéis;
  • Oficinas mecânicas;
  • Lojas de materiais de construção;
  • Pet shops;
  • Fornecimento de produtos para atividades agropecuárias;
  • Serviços de suporte de internet e telecomunicação;
  • Restaurantes em rodovias;
  • Agências bancárias;
  • Escritórios de advocacia e contabilidade;
  • Armazéns de grãos e similares.
Alguns serviços públicos também continuam funcionando, por serem considerados essenciais, como os de tratamento e abastecimento de água, assistência médico-hospitalar, serviço funerário, serviços de saneamento básico e a polícia.

Em relação aos serviços que deverão permanecer sem funcionamento estão:
  • Lojas de móveis e eletrodomésticos;
  • Lojas de tecidos;
  • Lojas de departamentos;
  • Floricultura, paisagismo e jardinagem;
  • Relojoarias, joalherias e perfumes;
  • Bancas de jornal e revistas, e papelaria;
  • Loja de confecções e calçados;
  • Salão de beleza, barbearia, cabeleireiros e centros estéticos;
  • Concessionárias e revenda de veículos;
  • Óticas;
  • Livrarias;
  • Restaurantes, lanchonetes e sorveterias, que poderão manter serviço de delivery e retirada em balcão;
  • Comércio varejista não especificado;
  • Centros comerciais;
  • Academias em geral, clubes e espaços de lazer;
  • Estabelecimentos dedicados à realização de festas, eventos ou recepções;
  • Instituições de ensino, formação, treinamento (de forma presencial);
  • Bares.

COVID-19 em Campos Altos

Campos Altos registrou, até a tarde dessa terça-feira (23), 28 casos confirmados da doença, além de um óbito.

Segundo o boletim epidemiológico da prefeitura, 78 pessoas já notificaram a Secretaria Municipal de Saúde sobre a possibilidade de terem contraído a COVID-19
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Kelen Cristina
 

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade