Publicidade

Estado de Minas FLEXIBILIZAÇÃO

Veja recomendações aos lojistas para reabertura segura do comércio

A CDL/BH criou uma cartilha com procedimentos de prevenção ao coronavírus em razão da abertura parcial dos estabelecimentos


postado em 27/05/2020 17:47 / atualizado em 27/05/2020 18:22

Cartilha da CDL/BH foi criada em razão da abertura parcial do comércio na capital mineira(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Cartilha da CDL/BH foi criada em razão da abertura parcial do comércio na capital mineira (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Para orientar os lojistas diante da abertura parcial do comércio, a Câmara de Dirigentes Logistas de Belo Horizonte (CDL/BH) criou uma cartilha com recomendações. O documento contém procedimentos necessários de prevenção ao coronavírus e visa ajudar as empresas da capital que reabrem suas portas.

Manter o ambiente de trabalho com ventilação adequada, sempre que possível deixando portas e janelas abertas e não permitir que pessoas com qualquer sintoma gripal (tosse, febre, coriza, falta de ar) permaneça no interior do estabelecimento estão entre as recomendações da cartilha.

“Ao seguir essas orientações, você estará pronto para retomar as atividades comerciais com segurança, preservando a saúde de colaboradores e clientes”, informou a CDL ao final da cartilha.

Recomendações da CDL/BH

 
  • Providenciar máscaras para os colaboradores, além de informar o uso obrigatório e a forma correta de utilização do item de proteção aos clientes;
     
  • Disponibilizar meios para higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel 70% com periodicidade mínima de 2 horas ou a qualquer momento, dependendo da atividade realizada;
     
  • Manter o ambiente de trabalho com ventilação adequada, sempre que possível deixando portas e janelas abertas;
     
  • Aumentar a frequência de higienização de objetos e áreas de trabalho compartilhadas diariamente, tais como mesas, cadeiras, maçanetas, telefones, bebedouros, máquinas de cartões de crédito, entre outros;
     
  • Revisar o posicionamento das mesas de trabalho para atender as necessidades sociais de distanciamento;

  • Evitar tocar olhos, nariz e boca e não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal; 
     
  • Fornecer Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados para a atividade exercida e em quantidade suficiente. Caso a atividade não possua protocolo específico, deverá ser fornecido, no mínimo, máscara de proteção;
     
  • Não permitir que pessoas com qualquer sintoma gripal (tosse, febre, coriza, falta de ar) permaneça no interior do estabelecimento;
     
  • Providenciar barreira de proteção física quando há contato direto com o cliente;
     
  • Não promover liquidações a fim de evitar aglomeração de pessoas;
     
  • Orientar os consumidores a fazer o pagamento preferencialmente com cartões ou através do celular, evitando a manipulação de notas e moedas;
     
  • Organizar as filas de “caixa” e atendimento mantendo distância mínima de dois metros entre os consumidores; evite cumprimentá-los com as mãos;
     
  • Aumentar o período de funcionamento dos refeitórios e distribuir os funcionários em horários de refeição distintos para evitar aglomerações;
     
  • Nos banheiros e lavatórios, coloque cartazes com instruções sobre a lavagem correta das mãos e sobre o uso do álcool em gel;
     
  • Se o colaborador apresentar sintomas da doença, libere-o para buscar atendimento médico e/ou permanecer em casa;
     
  • Acompanhar também a ocorrência de casos suspeitos ou confirmados na família/residência do funcionário;
     
  • Não realizar reuniões presenciais, priorizando reuniões a distância (videoconferência). Caso não seja possível, fornecer máscaras; 
     
  • Se possível, disponibilize serviços de delivery ou entrega em domicílio para os seus clientes;
     
  • Promover campanhas de conscientização de combate ao coronavírus entre os seus colaboradores;
     
  • Proporcionar um local específico para atendimento das pessoas que estejam enquadradas nos grupos de risco 
 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade