Publicidade

Estado de Minas GOLPISTA

Jovem de 22 anos suspeito de vender títulos de consórcios falsos é preso

Acusado foi encaminhado ao Sistema Prisional. Ele não tinha passagem pela polícia


postado em 30/04/2020 17:30 / atualizado em 30/04/2020 19:55

A PC apreendeu títulos falsos, documentos pessoais e de veículos, dois carros, cheques, aparelho celular e duas caixas de som(foto: Polícia Civil de Minas Gerais/ Divulgação )
A PC apreendeu títulos falsos, documentos pessoais e de veículos, dois carros, cheques, aparelho celular e duas caixas de som (foto: Polícia Civil de Minas Gerais/ Divulgação )
Foi preso em flagrante um homem de 22 anos suspeito de falsificar cartas de crédito de consórcio para aplicar golpes. De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), uma das vítimas entregou um veículo em troca de uma carta de crédito falsa de R$ 60 mil. Ele foi encontrado no Bairro Milionários, Região do Barreiro, em Belo Horizonte, na madrugada dessa quarta-feira (29).

“A ação delituosa consistia na falsificação de títulos de uma empresa de consórcio. Os documentos eram repassados às vítimas no momento da realização de contratos de compra e venda de mercadorias e veículos. Esses títulos também eram vendidos com a garantia de que já estariam contemplados”, detalha o delegado regional do Barreiro, Rômulo Dias.

As investigações apontam que uma vítima na Região do Barreiro entregou um veículo em troca de uma carta de crédito falsa de R$ 60 mil. O carro foi revendido a outra pessoa, na cidade de Matozinhos, na Região Metropolitana de BH.

Ainda segundo o delegado, foi possível identificar a venda de mais um veículo que estaria contemplado, no valor de R$ 89 mil, sendo que a vítima pagou R$ 5 mil – assumindo o restante das prestações.

“A PCMG vai buscar a identificação de mais vítimas e também de pessoas que tenham se associado ao suspeito. Ainda estão sendo feitas diligências para identificação de outros crimes que possam ter sido praticados por ele”, ressaltou Dias.

Com o suspeito foram apreendidos vários títulos falsos, documentos pessoais e de veículos, dois carros, cheques, aparelho celular e duas caixas de som.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade