Publicidade

Estado de Minas

Associação de cartórios registra 22 mortes suspeitas ou confirmadas por COVID-19 em Minas

Plataforma desenvolvida pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil) permite que cidadão consulte óbitos em tempo real


postado em 04/04/2020 15:43 / atualizado em 04/04/2020 18:35

(foto: Divulgação/AFP)
(foto: Divulgação/AFP)

 

Minas Gerais tem 22 mortes confirmadas e suspeitas da infecção pelo novo coronavírus. É o que garante plataforma desenvolvida pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen Brasil) e atualizada em tempo real.

 

De acordo com a Arpen Brasil, 12 mortes suspeitas ou confirmadas da COVID-19 aconteceram somente nesta semana em Minas Gerais. Os dados, contudo, não acompanham o que é divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).


Conforme o último boletim da SES, Minas tem seis mortes confirmadas e 64 em investigação. Os seis óbitos já atestados estão ligados às cidades de Belo Horizonte (três), Uberlândia (dois) e Mariana.

 

Em todo Brasil, os cartórios já registraram 514 mortes com suspeita ou confirmação de COVID-19 neste ano. 

 

São Paulo, com 349 óbitos, e Rio de Janeiro, com 72, são os estados com mais mortes registradas como confirmadas/suspeitas de COVID-19. Na sequência, aparecem Minas Gerais com 22 mortes e Distrito Federal com 15.

 

 

Para o Ministério da Saúde, contudo, são 359 mortes confirmadas, com 219 em São Paulo, 47 no Rio, 22 no Ceará e seis em Minas. 

 

A plataforma disponibiliza, ainda, as estatísticas de registros de óbitos cuja causa mortis foi apontada pelos profissionais de saúde como insuficiência respiratória e pneumonia, condições relacionadas ao surto de COVID-19, que podem constar como causas de falecimentos.

 

Somente no mês de março de 2020 foram registrados 11.072 óbitos destas doenças em todo o país. Dessas, 1.277 aconteceram em Minas.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade