Publicidade

Estado de Minas

Equipes da prefeitura já trabalham em cratera da Tereza Cristina

Caminhões com pedra e concreto e tratores estão no local para reparar os danos provocados pelas chuvas


postado em 29/01/2020 22:32 / atualizado em 29/01/2020 22:36

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

 

As últimas chuvas que desabaram sobre BH causaram mais um problema na Avenida Tereza Cristina, na Região Oeste de BH, que tem sofrido com seguidos alagamentos. Uma enorme cratera engoliu boa parte da pista no sentido Centro-bairro próximo ao viaduto da Avenida Amazonas, no Bairro Nova Suíça.

 

 


Na noite desta quarta-feira (29), equipes da Prefeitura de BH começaram a trabalhar para reparar a via. Serão usados 11 caminhões de pedras e mais uma grande quantidade de concreto para preencher o buraco, que tem 16 metros de comprimento, cinco de largura e mais de quatro metros de profundidade.


O objetivo é dar sustentação à nova pavimentação que será implementada. Enquanto isso, a via permanece interditada em alguns pontos devido a outros estragos causados pelos temporais.


A via está bloqueada no sentido Centro, do Anel Rodoviário até a Rua Minasgás, no Barreiro. A esquina com a Avenida Amazonas também está interditada. O mesmo vale para o trecho da Tereza Cristina no Bairro Betânia, na altura da Rua Amanda até o Anel Rodoviário, Oeste da capital.


As duas regiões por onde passa a avenida foram duas das três mais arrasadas pelo temporal de terça. No Barreiro, caíram 132,8 milímetros, pouco mais de 40% da média de janeiro. Já no território Oeste, conforme a Defesa Civil, a quantidade de chuva atingiu 101,6 milímetros – 30,8% da média.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade