Publicidade

Estado de Minas

Operação Lei Seca flagra 57 motoristas alcoolizados em Minas Gerais

Ações aconteceram em Belo Horizonte e outras 29 cidades do interior do estado


postado em 23/09/2019 16:32 / atualizado em 23/09/2019 17:21

Ações aconteceram em Belo Horizonte e outras 29 cidades mineiras(foto: Sejusp/Divulgação)
Ações aconteceram em Belo Horizonte e outras 29 cidades mineiras (foto: Sejusp/Divulgação)

O cerco se fechou para os motoristas que ainda insistem em dirigir depois de ingerir bebidas alcoólicas. Durante a operação Lei Seca, da campanha Sou Pela Vida. Dirijo Sem Bebida, 57 motoristas foram flagrados alcoolizados enquanto dirigiam. Destes, três cometeram crimes de trânsito, quando o teste do bafômetro é superior a 0,33 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Já 23 pessoas estavam sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

As ações, que são coordenadas pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), ocorreram na última sexta-feira. As três pessoas que cometeram crime de trânsito tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida e receberam multas no valor de R$ 2.934,7. Além disso, terão que responder criminalmente na Justiça.

Já os outros 54 condutores cometeram infrações. Isso acontece quando o nível alcoólico registrado no etilômetro não ultrapassa os 0,33mg/l. Eles tiveram a CNH recolhida e receberam multas no valor de R$ 2.934,70.

A operação aconteceu em Belo Horizonte, Aimorés, Araxá, Araçuaí, Barbacena, Bom Despacho, Caratinga, Curvelo, Diamantina, Fernandes Tourinho, Ipatinga, Itabira, Ituiutaba, Iturama, Janaúba, Lavras, Montes Claros, Nova Lima, Paracatu, Patos de Minas, Piumhi. Ponte Nova, Pouso Alegre, Salinas, São Francisco, Sapucaí Mirim, Uberaba, Ubá, Unaí e Várzea da Palma.


Publicidade